Acidente em João Câmara deixa três mortos

Publicação: 2011-01-15 13:02:00 | Comentários: 0
A+ A-
A colisão entre dois automóveis à altura da comunidade do “Amarelão”, no município de João Câmara, resultou na morte de três pessoas: Raimundo Samuel Sobrinho, 53 anos;  Dilma Inocêncio da Silva, 47 anos e Fábio Luiz da Silva, 25 anos.

O mestre de obras Raimundo Samuel residia na rua João Ribeiro, 115, no centro de São Pedro, na região do Potengi. Ele dirigia o Gol que colidiu de frente com uma picape Fiorino dirigida por Fábio da Silva, que era natural de Taipu. O acidente ocorreu por volta das 15:30, no quilômetro 92 da rodovia federal BR-406, que liga Macau a Natal.

Em outra colisão envolvendo dois veículos, ocorrida no km 280 da BR-226, na chamada Reta Tabajara, em Macaíba, morreram a técnica de enfermagem Adriane Dantas da Silva, 33 anos, e Gabriel Vitor Dantas da Silva, cinco anos, que residiam na Redinha.

Já o agricultor Antonio Pereira da Silva, 55 anos, que morava na rua São Paulo, 8', no bairro do Novo Amarante, em São Gonçalo do Amarante, morreu numa colisão envolvendo dois carros, na RN-160, distrito de Santo Antonio dos Barreiros.

A colisão entre duas motos provocou a morte de Cristiane da Silva, 27 anos, que morava no sítio Lagoa do Poço, município de Goianinha, na região Agreste, onde ocorreu o acidente.

O agricultor José Duarte da Silva, 69 anos, morreu atropelado na RN-16, que corta o distrito de Traíras, em  Macaíba. Ele morava na rua Nova, 12, em Canabrava, no mesmo município.

Outro acidente só não aumentou as estatísticas de morte no trânsito, porque a estrutura de alvenaria parou o caminhão desgovernado que colidiu numa residência de Brasília Teimosa, nas imediações da ponta Forte-Redinha, deixando quatro mulheres feridas. A casa corre risco de desabamento e outras duas residências foram interditadas pelo Corpo de Bombeiros.



Deixe seu comentário!

Comentários