Acusado de assassinar ex-policial militar em 2011 é preso

Publicação: 22 de Janeiro de 2013 às 12:55 | Comentários: 0
A+ A-
Emanuel AmaralDelegada fala sobre prisão de acusado, mas não detalha investigaçõesDelegada fala sobre prisão de acusado, mas não detalha investigações

Valdir Julião - Repórter

Com as posses de mandados judiciais de busca e apreensão e de prisão em mãos, a Delegacia de Homicídios (Dehom) prendeu o pernabucano Sandoval Carlos de Lucena, o "Ratinho", como acusado do assassinato do sargento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Haroldo Lasmar Alves Cardoso, crime ocorrido na manhã do dia 24 de fevereiro de 2011. A operação batizada de “Labirinto” foi detalhada durante coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje (22) na Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol).

A delegada Carla de Souza Rego assumiu o caso depois que assumiu a Dehom, em outubro do ano passado, e informou que chegou a autoria do homicidio através de provas testemunhais e outras informações, que ela afirma não poder divulgar.

Carla Rego disse que a motivação do crime tem ligação com o homicídio de um irmão do sargento, Gustavo Alves Cardoso, assassinado em 29 de juho de 2007. Segundo ela, os indicíos são subjetivos e a conclusão do inquérito é quem vai apontar, mas o "Ratinho" achava que o sargento o tinha como autor da morte do irmão, crime pelo qual o acusado, que está preso no Centro de Detenção Provisória de Pirangi, na Zona Sul de Natal, vem negando.


Os delegados de Homicídios, Laerte Brasil e Raimundo Rolim, disseram que, geralmente, a Polícia Civil chega a apurar crimes, mas a motivação é sempre uma questão de subjetividade, que só o andamento dos inquéritos e o processo judicial vão dizer.

A Polícia disse que ainda não tem elementos para dizer se Sandoval Lucena está envolvido em crimes praticados por grupos de extermínio, mas confirmou que ele tem uma empresa que contrata vigias para prestação de serviço de vigilância armada noturna, e era amigo de uma pessoa já falecida, conhecida como Vanildo, que atuava no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal.


Deixe seu comentário!

Comentários