Boemia se despede da “Universidade da Deodoro”

Publicação: 2012-06-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
“Tô sabendo, faz um tempinho que não vou por lá, parei de beber, mas vez por outra passo para rever alguns amigos mais resistentes”, disse o fotojornalista João Maria Alves, quando questionado sobre o fechamento definitivo do Bar do Lourival.
Rodrigo SenaFechamento do bar põe fim a uma era de boêmia com o Bar do Lourival, que vai virar condomínioFechamento do bar põe fim a uma era de boêmia com o Bar do Lourival, que vai virar condomínio

Ponto de encontro de jornalistas e publicitários, políticos e empresários, intelectuais e artistas, principalmente nos anos 1970, 80 e 90, o lugar encerra as atividades neste sábado (30) após quase meio século de serviços prestados à boêmia natalense.

Administrado há alguns anos pelo filho Lourival Júnior, o imóvel onde funcionava o bar foi vendido e logo deverá servir como endereço para um novo condomínio vertical na avenida Deodoro, em Petrópolis. Chamado carinhosamente de ‘reitor’ pelos frequentadores, por ter escrito na fachada do estabelecimento ‘Universidade da Deodoro’, Lourival Lúcio da Silva (1924-2010) criou, sem querer, um ‘bunker’ etílico que serviu como válvula de escape durante a ditadura Militar.

“Não tinha nada de especial, quer dizer, tinha a gente e o dono, seu Lourival. Fizemos muitas festas por lá quando as eleições do Sindicato dos Jornalistas eram acirradas”, lembrou Alves. “O atendimento não era nenhum primor, nem sempre a cerveja vinha na hora, mas tínhamos carinho especial pelos garçons Birino e Nico(demos). Era um lugar para encontrar os colegas, beber cerveja gelada e falar de jornalismo, política, esporte... foi um bar histórico de Natal”, recorda João Maria.

Outro que também passou pelo número 270 da Deodoro foi jornalista Ailton Medeiros. Ele acredita que “todo mundo do jornalismo dos anos 1980 e 90 passou por ali. O bar funcionava como uma espécie de sucursal das redações. Como na época não havia celular, os jornais ligavam para o Bar do Lourival quando queria falar com alguém - estava todo mundo lá de plantão”. Então, se você foi um habitué ou apenas ouviu falar na fama do lugar, hoje é a última oportunidade de ‘tomar uma’ no Bar do Lourival.



Deixe seu comentário!

Comentários