Fluminense se isola na liderança

Publicação: 2012-09-07 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Fluminense derrotou o Santos por 3 a 1 em partida disputada na noite de ontem, no Engenhão, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Brasileiro. Wellington Nem, dois, e Samuel marcaram para o Tricolor das Laranjeiras, enquanto André descontou para o Peixe. Com um jogo a mais do que o Atlético-MG, que caiu para a segunda posição, o Tricolor das Laranjeiras chegou aos 47 pontos ganhos, dois a mais do que o Galo. Já o Santos sofreu a terceira derrota consecutiva, e segue com 26 pontos na 14ª colocação.
Fábio Motta/AEAtacante Wellington Nem, em noite inspirada, marcou dois gols e acabou sendo o herói da partidaAtacante Wellington Nem, em noite inspirada, marcou dois gols e acabou sendo o herói da partida

O resultado fez justiça. O time dirigido por Abel Braga comandou as ações desde o início da partida e soube aproveitar as oportunidades que surgiram. O Santos, que se apresentou muito desfalcado, não conseguiu, em momento algum do jogo, ameaçar a vitória da equipe carioca.

Mesmo com muitos desfalques, o Santos se retraiu apenas até levar o gol, antes disso ainda chegou a criar boas oportunidades para largar na frente, coisa que não o fez pela má pontaria de Magrão e Bil. Mas o Fluminense também respondeu bem, na verdade começou melhor empurrando o adversário para trás e as chances de marcar foram surgindo.

O Fluminense marcou o primeiro gol aos 20 minutos. O volante Jean foi lançado pela esquerda do ataque tricolor e fez lançamento preciso para Wellington Nem que entrou na hora certa e tocou sem defesa para Rafael.

O Santos encontrava dificuldades para sair da pressão tricolor mas acabou chegando ao empate aos 28 minutos. Gerson Magrão cruzou pela esquerda, Digão falhou e André apareceu na pequena área para colocar a bola nas redes de Diego Cavalieri. Aos 31, a defesa tricolor tomou outro susto com a conclusão de Bill após cruzamento de Gerson Magrão,mas a bola saiu.

O jogo ficou aberto com as duas equipes procurando o gol de desempate. Quando tudo indicava que o primeiro tempo terminaria empatado, o Fluminense marcou o segundo gol aos 43 minutos. Wagner tabelou com Carlinhos pela esquerda e cruzou para Wellington Nem que se antecipou a Juan que chegava para a cobertura, e cabeceou sem chances para Rafael.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo e o Fluminense continuou com mais posse de bola, pressionando a defesa santista em busca do terceiro gol. O técnico Muricy Ramalho decidiu colocar o meia Bernardo, ex-Vasco, para tentar dar objetividade ao time que continuava permitindo que o Fluminense manobrasse à vontade. Aos 32 minutos, o time carioca marcou o terceiro gol. Samuel recebeu pela esquerda e quando a defesa santista esperava o cruzamento para Rafael Sobis que penetrava pelo meio, o atacante mandou por cobertura,sem qualquer chance de defesa para Rafael. O terceiro gol acabou com a disposição do Santos para buscar um resultado melhor.

PALMEIRAS

Aos 16 minutos do segundo tempo, os mais de 30 mil pagantes presentes no Pacaembu na noite de ontem viram o canhoto Rivaldo, que não fez gol em um ano e meio no Palmeiras, marcar um golaço de direita. Era o de empate. O Verdão, porém, conta hoje com um grande nome: Tiago Real, decisivo na vitória por 3 a 1 sobre o Sport que dá vida ao time na luta contra o rebaixamento.



Deixe seu comentário!

Comentários