Homem presta queixa por ameaças de morte e é assassinado ao deixar delegacia

Publicação: 2012-09-20 13:06:00 | Comentários: 6
A+ A-
Mais um homicídio ocorreu na Vila de Ponta Negra. Depois da morte de Gustavo Emílio Félix de Oliveira, de 23 anos, que ocorreu ontem (19), hoje foi morto um homem identificado como Valter Gomes da Silva, 31 anos, conhecido como Jaburu. A vítima desta quinta-feira (20) era suspeito de participação na morte de Gustavo Emílio, conhecido como Dedinho, e havia prestado queixa sobre suspostas ameaças que vinha sofrendo. Ele foi morto logo depois de sair da 15ª DP, em Ponta Negra.
Alberto LeandroHomem foi morto após deixar a 15ª DP, em Ponta Negra, alegando ser alvo de ameaças de morteHomem foi morto após deixar a 15ª DP, em Ponta Negra, alegando ser alvo de ameaças de morte

De acordo com informações preliminares, Dedinho cumpria prisão por envolvimento com o tráfico havia conseguido a liberdade recentemente. Ele teria jurado Jaburu de morte, mas Dedinho foi morto na noite de ontem na rua Manoel Felipe, na Vila de Ponta Negra, onde residia. O irmão de Dedinho, identificado como "Rolinha", foi atingido de raspão pelos tiros de pistola 380, enquanto Dedinho morreu na hora.
Alberto LeandroRegistro do homicídio atraiu populares em Ponta NegraRegistro do homicídio atraiu populares em Ponta Negra

Após a morte do ex-presidiário, Jaburu, também suspeito de envolvimento em crimes na região, teria recebido ameaças de morte de pessoas próximas a Dedinho. No fim da manhã ele foi à 15ª DP prestar queixa devido às ameaças e, pouco após sair, os criminosos o encontraram em uma oficina mecânica, onde foi morto a tiros. De acordo com o delegado César Rodrigues, da 15ª DP, o crime aconteceu a 100 metros da delegacia, apenas cinco minutos após a vítima deixar o local.

Atualizada às 17h05


Deixe seu comentário!

Comentários

  • hb_metais

    eu nao acredito que a policia ainda vai perder tempo investigando um crime de um lixo como esse.existe ciosas mais importantes para a policia fazer.um a menos graças a deus.paredao nesses crapulas

  • wagno.braga

    É certo que um santo o falecido não era, mas é certo tb que ninguem merece ser assassinado, mais certo ainda é que a nossa policia não tem estrutura nem pessoal qualificado pra lidar com esse tipo de situação, no caso de ameaça, podia ser uma jovem ameaçada pelo namorado, ninguem faz nada, a pessoa volta pra casa apenas pra morrer, como disse falta de estrutura da segurança publica, a pessoa pode morrer dizendo que esta sendo ameaçada mas a policia nao tem o que fazer ao menos de imediato, tudo a longo prazo, ou seja o prazo da pessoa morrer !!

  • mauri_amaral_59

    Bandidos, políticos corruptos, traficantes, bandidos disfarçados de ministros "TS", merecem um lugar tranquilo "cemitério".

  • ronaldofeij

    voltamos ao velho oeste, quanta regressão.

  • Thiagoa_Deus

    Seria muito interessante que a cúpula da segurança pública do Estado se reunisse para resolver questões como estas. Todavia, como não envolveu interesses de empresários, a insegurança continuará.

  • dannyallysson

    Espero que dedinho, mãozinha, pezinho, perninha e o raio que o parta morram todos. Que esses safados se matem e a polícia faça vista grossa, já que ela num pode "dar cabo" deles!