Jovem que matou adolescente de 16 anos se apresenta à Polícia

Publicação: 16 de Julho de 2013 às 10:39 | Comentários: 0
A+ A-
A jovem de 12 anos suspeita de matar a adolescente Raíssa Pinheiro Andrade, de 16 anos, apresentou-se hoje à Polícia Civil. A adolescente foi à Delegacia de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA), que investiga o caso. Não há a confirmação sobre o teor do depoimento da suspeita, que teria matado Raíssa Andrade com uma facada na altura do abdômen, na sexta-feira (12).

Desde ontem (15), a DEA está averiguando o caso. A mãe de Raíssa Andrade foi ouvida pela delegada Adriana Shirley e, de acordo com informações preliminares, teria confirmado a identidade da menina suspeita de matar a adolescente de 16 anos.

Hoje, a DEA iniciou a intimação de pessoas que presenciaram o crime e estava prevista a intimação da adolescente suspeita de cometer o homicídio. Porém, ela teria chegado à DEA antes mesmo de ser intimada. Além dela, três amigas de Raíssa Andrade também serão ouvidas ainda hoje.

O caso

Raíssa Andrade foi atingida por uma facada na noite da sexta-feira (12), durante um arraiá no Vale Dourado, zona Norte de Natal. A adolescente teria discutido e agredido outra, que já estava com uma faca. Após a discussão, a menina de 12 anos teria desferido um golpe no abdômen de Raíssa, próximo ao peito. A cutilada provocou o sangramento abundante e Raíssa foi levada ao hospital Santa Catarina.

Após passar a noite internada, na manhã de sábado (13), a adolescente de 16 anos morreu. A jovem responsável pelo homicídio, no entanto, não foi apreendida. O pai da vítima acionou a Polícia e o caso ficou sob a responsabilidade da DEA, que está investigando o crime.


Deixe seu comentário!

Comentários