Mulher morre afogada na Praia do Y

Publicação: 2011-01-19 17:57:00 | Comentários: 4
A+ A-
A imprudência causou mais uma morte no litoral do Rio Grande do Norte. Na tarde desta quarta-feira (19), Rosângela Frutuoso Costa Carvalho, 42 anos, morreu afogada na Praia do Y, em Natal, enquanto tomava banho com a filha de 4 anos e um sobrinho de 6 anos. De acordo com informações do local, ela e os jovens estavam tomando banho na Praia do Forte e foram levadas pela correnteza.
Aldair DantasAfogamento ocorreu em área militarAfogamento ocorreu em área militar

De acordo com alguns salva-vidas que deram apoio à tentativa de salvamento, as duas crianças e a mulher tomavam banho próximo ao Forte. As crianças utilizavam boias, enquanto a mulher cuidava das duas. No entanto, quando a correnteza começou a arrastar os jovens, Rosângela tentou evitar que os dois fossem puxados para longe e entrou em desespero. Um jovem de 17 anos que estava na praia observou a cena e foi prestar socorro.

Todos foram arrastados pela correnteza e o socorro só foi prestado na Praia do Y, próximo ao 17º Grupo de Artilharia de Campanha, do Exército. O jovem que tentava ajudar também teve dificuldades para não se afogar e a Capitania dos Portos foi acionada, atendendo as vítimas antes da chegada dos Bombeiros e do Samu.

A mulher chegou a ser socorrida em terra, mas teve uma parada cardíaca e faleceu no local. O jovem e as duas crianças foram resgatados e não correm risco de morte.

Atualizada às 18h31


Deixe seu comentário!

Comentários

  • anaricarda_esperta

    sinto muita pena pq rosangela era a mae de uma amiga minha de escola e ela deve estar sofrendo para entender isso

  • rinaldofeijo

    Essa prainha que eles estavam é aquela defronte a Redinha, do outro lado, embaixo da ponte e lá nao tem comerciante, até porque quase não vai ninguém. Lá poderia ter uma placa avisando que é uma praia com uma grande profundidade próxima da margem. E acredito, que com a correnteza da maré enchendo o Rio e o não conhecimento destes detalhes, ocorreu o sinistro. Faltou serenidade e sapiência.

  • lolouca15

    É...infelizmente não temos placas suficientes para nos alertar do perigo, mas não vamos culpar somente as autoridades, pois, devemos ter um pouco mais de responsabilidade, embora tenha sido uma fatalidade. O jovem a quem a reportagem cita, é um amigo nosso, já está em casa e passa bem. Quero aqui agradecer pela eficiência da equipe de bombeiros e pelo trabalho prestado as vítimas, e enquanto a família da senhora Rosângela nossos sinceros sentimentos para com todos! Deus vos abençoe!!

  • cidespe

    Ouvi uma reportagem que afirmava que os comerciantes da praia do meio retiravam as placas alertando do perigo do banho por ali. Infelizmente as autoridades nada fazem para impedir o aumento dessa estatística, ainda mais com essa administração municipal pra lá de caótica.