Mulher que aplicou golpe de R$ 2 milhões com pacotes turísticos falsos é presa

Publicação: 2012-03-13 13:03:00 | Comentários: 0
A+ A-
Fred Carvalho - Editor

A empresária Maria Noélia Araújo Pereira da Silva se entregou à Polícia Civil do Rio Grande do Norte na manhã desta terça-feira (13). Ela estava sendo procurada desde 2007 sob acusação de aplicar um golpe estimado em cerca de R$ 2 milhões. De acordo com a polícia potiguar, esse dinheiro foi angariado com a venda de pacotes turísticos falsos.

Assim que se apresentou, Noélia Araújo recebeu voz de prisão. A Justiça potiguar já havia expedido um mandado de prisão preventiva contra ela. A empresária caicoense está detida na ala feminina do complexo penal Doutor João Chaves, na zona Norte de Natal. O mandado foi expedido pela 7ª vara Criminal de Natal.

"Tínhamos a informação de que a Noélia iria chegaria hoje a Natal. Foi a própria família dela que nos comunicou. Diante disso, montamos uma equipe e fomos ao aeroporto Augusto Severo. Lá, a empresária recebeu voz de prisão", falou o delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros, da Delegacia Especializada de Capturas (Decap).

Além de vender pacotes turísticos falsos, Noélia Araújo é acusada de passar cartão de crédito de clientes, furtar folhas de talão de cheque e emitir cheques de terceiros.

Ainda em 2007, a polícia potiguar chegou a enviar um ofício à Interpol para auxiliar nas buscas à empresária. Isso porque havia uma informação de que Noélia Araújo estaria morando na Europa.


Deixe seu comentário!

Comentários