Protesto para avenidas de Natal

Publicação: 2011-05-26 00:00:00 | Comentários: 6
A+ A-
Margareth Grillo
Repórter

O movimento contra os atuais governantes dos executivos municipal e estadual, deflagrado pelas redes sociais na internet, twitter e facebook, ganhou às ruas de Natal. Por quase três horas, a juventude ocupou os principais corredores viários da cidade, as avenidas senador Salgado Filho, Bernardo Vieira e Prudente de Morais, entre 18h e 21h de ontem. Os jovens promoveram um apitaço, com direito a banda bate-lata.
Polícia Militar acompanhou de perto a movimentação pacífica
O protesto reuniu, em sua maioria, jovens entre 18 e 27 anos. Segundo cálculos da Polícia Militar cerca de 500 pessoas participaram da manifestação, no trecho próximo ao shopping Midway Mall. Entre às 18h35 e 19h45 da noite de ontem foi impossível trafegar nesse trecho da avenida Salgado Filho, nos dois sentidos. O cruzamento foi fechado pelos manifestantes.

A polícia acompanhou a movimentação de perto, mas sem interferências. Presente ao local, o delegado da 3ª DP, que abrange a área, Natanion de Freitas, considerou a mobilização tranquila.   Não houve incidente de violência ou agressividade em todo o trajeto da manifestação, que atraiu a atenção de quem estava no shopping e dos motoristas que tentavam trafegar pelo local.

No momento do protesto, a prefeita Micarla de Sousa, inaugurava uma escola na comunidade da África, a Noilde Ramalho. Já a governador Rosalba Ciarlini recebia o embaixador da Alemanha, no Brasil, Wilfried Grolig. Nas ruas, os jovens pediam melhorias na educação, saúde e segurança pública e entoavam palavras de ondem contra as administradoras como, “foramicarla”.

A todo o momento, palavras de ordem, faixas e cartazes deixaram à mostra os motivos do protesto: a inoperância da máquina administrativa. “Isso é só o começo. Ninguém suporta mais conviver com o sucateamento das estruturas de educação, saúde e segurança”, denunciou a estudante de Ciência e Tecnologia da UFRN, Ana Luisa Moura, 24 anos.

Ela disse que a juventude deve se fortalecer. “Ninguém deve desacreditar. Nós fizemos muito hoje, parando Natal. Mobilizando e conscientizando mais pessoas, poderemos fazer muito mais amanhã”, avisou Ana Luísa. O movimento promete uma segunda mobilização ainda este mês. A data será divulgada nas redes sociais.

“Todos sofrem com os problemas de inoperância da máquina, inclusive a juventude, e estamos aqui para disso isso. E dizer que não vamos nos calar”, disse a estudante do curso de Gestão de Políticas Públicas, da UFRN, Berna Ignus, 28 anos.

Fazendo barulho numa lata,  a estudante criticou a postura da governadora Rosalba Ciarline de não dialogar com as categorias em greve e disse que a juventude está preparada pra engrossar a mobilização, nos próximos dias. Algumas faixas também criticavam o governo Rosalba Ciarlini.

Quem voltava do trabalho para casa precisou de paciência. Esse trecho da Salgado Filho, próximo ao Shopping Midway, ficou interrompido por quase duas horas. “É um protesto correto, mas precisa ter efeito porque nossa cidade está um caos”, afirmou o vendedor de peças, Rutênio Wanderley, que seguia pela avenida Salgado Filho, no sentido centro e foi parado pela mobilização.

Por volta das 19h45, os manifestantes deixaram o cruzamento próximo ao shopping e seguiram em caminhada, no sentido da avenida Antônio Basílio, onde o trânsito foi novamente interrompido. Apesar da chuva a maioria prosseguiu no protesto até a Prudente de Morias. No cruzamento com a Bernardo Vieira, houve mais uma interrupção da via. O protesto contou com a adesão de muitos grevistas e alguns sindicalistas.

Confira o vídeo do protesto:



Deixe seu comentário!

Comentários

  • sandramblm

    VAMOS COLOCAR A BORBOLETA FORA DA PREFEITURA URGENTE, ELA ESTÁ ACABANDO COM A NOSSA LINDA CIDADE.

  • get.better

    500 pesssoas? Foi muuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais, hein. Só na hora que eu cheguei por lá, tinha mil pessoas fácil! E isso foi só no começo!

  • drpauloferreira

    Parabéns a todos que participaram de um movimento legítimo de cidadania, estou orgulhoso da população que começa a protestar e mostrar para esses governantes que o Rio grande do Norte não é a \"casa de mãe Joana\". Micarla e Rosalba tem governar para o povo e não para um minoria, como sempre foi praxis aqui neste estado. FORA MICARLA, FORA ROSALBA.

  • fabiofarn

    Estudantes esses q estao por traZ de uma atividade organizada pela Une e pela Ubes, entidades ligadas ao movimento estudantil que foram ?prejudicadas? pela ação da gestão municipal. E o que ela fez? A PREFEITA DECRETOU A GRATUIDADE DA CARTEIRA para toda a rede pública, acabando com a indústria da carteira. por isso a prefeitura sofre ataques desses \"alunos\" POR QUE OS VERDADEIROS ALUNOS, Q QUEREM UMA NATAL MELHOR , ESSE ALUNOS DO BEM, ESTAO DE LUA DE MEL COM A PREFEITA, PELO DIREITO ADQUIRIDO.

  • freddyenge

    parabens aos concientes, tomara que ajudem ao povo a reagir e nas proximas eleiçoes tirar todos, todos esses politicos TODOS, e assim mudar o nosso futuro só com educaçao digna teremos a possibilidade de reclamar com conciencia os males que afetam a nossa sociedade , tomara que nao parem é apenas o começo.

  • johnnymaverick7

    Vamos nos organizar novamente através das redes sociais para um segundo protesto de maqnifestação, sem badernas, sem violencia, não criando problemas e dando prefencia nas passagem de ambulancias, pessoas que esteja se sentindo mal... vamos à luta por uma Natal melhor, vamos colocar Natal na história política do RN, através dessa grande geração de jovens que lutam por um objetivo.................... FORA CORRUPTOS ENGANADORES!!!!