Reverendo nega que pastor preso pertença à igreja

Publicação: 2010-05-26 00:00:00 | Comentários: 2
A+ A-
O presidente do sínodo de igrejas presbiterianas do Rio Grande do Norte, reverendo José Romeu da Silva, teve uma terça-feira (25) difícil. Após a divulgação da prisão do pastor Geraldo Rodrigues Filho, de 53 anos, por receptação de carros roubados, José Romeu recebeu inúmeras ligações para saber sobre o caso, já que o acusado foi identificado como pastor presbiteriano. Contudo, o reverendo nega que ele pertença a alguma das principais igrejas presbiterianas do país, que são reconhecidas pelos membros da igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) e a igreja Presbiteriana Independente (IPI).

Buscando informações sobre quem seria o pastor, José Romeu consultou cadastros, o anuário com os nomes de todos os pastores da igreja, e também entrou em contato com a Igreja Presbiteriana Independente, que não encontrou nos arquivos o nome do pastor preso. “Não recebi menos de 700 ligações para saber desse pastor. Não sei qual a igreja de que ele é pastor”, garantiu o reverendo.

De acordo com o presidente do sínodo, há outras igrejas dissidentes autodenominadas presbiterianas, mas que não são reconhecidas pela IPB e IPI, que estão no Brasil há 150 e 107 anos, respectivamente. “Eles podem ser de outras igrejas, mas não dessas duas, que são as que nós reconhecemos. Ele pode ser de uma igreja mais recente ou dissidente”, explicou o reverendo.

No final da tarde de domingo, a Polícia Militar recuperou dois carros roubados – um Ford Ecosport preto e um Fiat Idea Adventure - que estavam em poder do suposto pastor evangélico Geraldo Rodrigues Filho. Ele afirmou que não sabia que os carros eram roubados e que os adquiriu no mercado da Avenida 4, no Alecrim.

Segundo informações da Polícia Civil, o suposto pastor foi levado ontem, 25, para um Centro de Detenção Provisório, depois de passar pela delegacia de Plantão da Zona Sul. Humberto Luís Vasquez, de 26 anos, que estava em um dos carros roubados, também está preso.


Deixe seu comentário!

Comentários

  • helenocp2009

    vai ter que prestar contas ao senhor

  • jcordobaf2010

    estamos lamentar nao por esta preso esse que se diz ser pastor, e quando esta usando que e pastor os acusadores do evangelho nao espera que se invertigue as coisas qual a igreja se e uma igreja com cmpj.que esta cadrasta na riceita federal e os pastores sao cadratado legaumente, e os escandalos entre as igrejas muitos fracos que estao olhando para os homens ja volta atraz, mais quem olha para jesus nao nunca busca as coisa de quem e derotado ou vencido por satanas sempre esta olhando para jesus e isso e que cada um procure viver os exemplo dos vencedores.