Tempo bom para música instrumental

Publicação: 2009-04-29 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
MÚSICA - Caninga Trio lança hoje o CD “Tempo bom”,  em show na Escola de Música

Virtuosos da boa música instrumental, e bote boa nisso (!),  o Caninga Trio lança o CD “Tempo Bom” nesta quarta-feira, às 20h, no auditório da Escola de Música da UFRN. Formado pelos feras Manoca Barreto (guitarra), Mário Cavalcanti “Primata” (baixo) e Heleno Feitosa “Costinha” (saxofone), o trio ‘caningado’ resolveu lançar oficialmente o CD gravado em 2007 - o repertório autoral do disco só dá desconto nas versões de “Apanhei-te cavaquinho”, de Ernesto Nazareth, e “Só danço samba”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, ambas arranjadas por Manoca.

Logo de cara percebe-se a formação heterodoxa do trio, em relação ao básico baixo, guitarra e bateria: “A idéia desta formação surgiu em 2006. Sem o auxílio da percussão, procuramos preencher as músicas, arranjos e improvisações com muito suingue”, explica Manoca Barreto, professor de música da EMUFRN – na verdade, todos os três são professores da Escola de Música, sendo que Costinha também dá aula na Universidade Federal da Paraíba.

Segundo Manoca, a intenção do Caninga Trio é desenvolver um repertório instrumental voltado para uma formação pouco comum - “Entre um compromisso e outro resolvemos desenvolver esse trabalho, com persistência e perseverança, por isso o nome caninga”, brinca o guitarrista.

O grupo já realizou shows no projeto Som da Mata, realizado no Parque das Dunas, e na XVII Semana da Música da EMUFRN. “Em julho de 2007 tivemos a oportunidade de participar do Festival de Música Instrumental do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em Fortaleza, e do Festival de Música na Serra da Ibiapaba (CE)”, informou Barreto. Só para se ter uma idéia do respaldo do Trio Caninga, a primeira apresentação deste ano aconteceu em janeiro no Teatro Ariano Suassuna, em João Pessoa.

Os caningados

 Bacharel em fagote e saxofone pela Universidade Federal da Paraíba, Costinha assumiu em 1994 a cadeira de fagote principal da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Membro do grupo JPSax, o músico (que lançou um CD solo em 2005) perdeu a conta de quantos artistas já acompanhou e gravou.Manoca Barreto, Mestre em Música pela Unicamp, instrumentista, professor (de Guitarra Elétrica e Harmonia e Improvisação na EMUFRN) e compositor, também tem o seu próprio trabalho solo (“Bom Sinal”), lançado em 2005 pelo selo Mudernage.  O terceiro caningado é o baixista Júnior Primata. Figura conhecida no cenário musical  da cidade, é também professor de baixo elétrico da Escola de Música da UFRN e tem no currículo inúmeras participações em grupos de música instrumental – inclusive um do Ceará chamado Marimbada, com o qual foi selecionado para o Prêmio Visa de Música Instrumental de 2001. Ao lado do colega Sérgio Groove, desenvolve trabalho no Duo de Contrabaixos .

Serviço:
Show de lançamento do CD “Tempo Bom”, do Caninga Trio. Hoje, às 20h, no auditório da Escola de Música da UFRN. Ingressos à venda no local por  R$ 10 e R$ 5 (meia). O CD será vendido no local.



Deixe seu comentário!

Comentários