Natal

Natal, 30 de Agosto de 2014 | Atualizado às 17:28

Dupla acusada de latrocínio em Ponta Negra é absolvida pela Justiça

Publicação: 13 de Março de 2012 às 08:37
Rafael Barbosa - repórter

Os dois homens acusados de assaltarem e assassinarem o espanhol Jaime Andres Romero Conde, 63 anos, em agosto de 2010, foram considerados inocentes. Jefferson Bruno Nunes da Silva e José Augusto Medeiros de Sena foram julgados nesta segunda-feira (12), e absolvidos pela juíza Ana Carolina Maranhão. A magistrada alegou a falta de provas que incriminassem os suspeitos para a absolvição.

Confira a íntegra da sentença

#SAIBAMAIS#O latrocínio ocorreu rua Doutor Anderson de Almeida, bairro de Ponta Negra, zona Sul da capital, em frente ao Residencial Cristallo. Andres voltava para o condomínio de uma agência bancária na companhia de um amigo, Miguel Angel Fernandez Moreno, no momento do crime.

Os dois paravam o automóvel na frente do residencial, quando foram abordados por dois assaltantes em um outro veículo, uma Pick-up Fiat Strada. Após anunciar o assalto, a dupla levou uma pasta que a vítima carregava, contendo aproximadamente 8 mil Euros, além de um celular e documentos pessoais. Jaime Andres teria resistido à ação criminosa, e tentado não entregar os pertences. Os bandidos atiraram contra o espanhol, que não resistiu ao ferimento e morreu.

O advogado Antônio Carlos de Souza, que defendeu Jefferson Bruno no caso, acredita que a Justiça foi feita. "Foi uma vitória para a defesa. Havia um pré-julgamento, mas conseguimos provar a inocência do réu", afirmou o defensor.
Espanhol Jaime Andres Romero Conde foi assassinado em agosto de 2010