terça-feira, 23 de abril, 2024
27.1 C
Natal
terça-feira, 23 de abril, 2024

Brasil chega a 512 mil casos prováveis de dengue e 75 mortes pela doença

- Publicidade -

O Brasil já registrou 75 mortes causadas pelo vírus da dengue neste ano, e há mais 340 óbitos em investigação, segundo a atualização do Painel de Monitoramento de Arboviroses do Ministério da Saúde. Apenas entre janeiro e fevereiro, o País já registrou 512 mil infectados pela doença em todo o território nacional.

Como o Estadão mostrou, especialistas já temem ainda mais casos com as aglomerações de carnaval. A maior incidência de casos ocorreu, até o momento, em mulheres, que representam 54,9% dos casos, ante 45,1% em homens. Em números totais, o Estado de Minas tem atualmente o maior coeficiente de infectados prováveis com 171 mil, seguido de São Paulo, com 83 mil, e Paraná, com 55 mil.

Ainda segundo o painel do ministério, ao avaliar os casos a cada 100 mil habitantes, o Distrito Federal tem o maior coeficiente de incidência, com 2,2 mil casos por 100 mil, seguido de Minas, com 836 por cem mil, e o Acre, com 582.

No mesmo período, o País também teve 29 mil casos prováveis de chikungunya, dos quais 4 óbitos foram confirmados e 31 estão em fase de investigação. Houve ainda 341 casos positivos de zika, sem nenhuma morte associada, segundo o painel de monitoramento.

Como saber se está com a doença?

Sintomas como dor de cabeça, mal-estar, febre e fraqueza são sinais comuns presentes em várias enfermidades, incluindo a dengue e a gripe. Desta forma, em caso de suspeita de alguma dessas doenças, é importante aumentar a hidratação e evitar a automedicação. Somente um médico pode fazer o diagnóstico correto. “É possível ainda realizar testes para identificar a enfermidade exata e fazer o tratamento adequado. O diagnóstico correto só pode ser feito pelo médico. Busque assistência na unidade de saúde mais próxima”, alerta o Ministério da Saúde.

Normalmente a primeira manifestação da dengue é a febre alta, de início abrupto, que geralmente dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele. É importante ficar atento aos sinais que indicam um quadro grave da doença, que podem surgir após o declínio da febre, entre o terceiro e o sétimo dias do início da doença. A dengue não tem sintoma respiratório.

Já a gripe é uma infecção respiratória causada pelo vírus Influenza, mais comumente transmitido de pessoa a pessoa durante o período do inverno, embora possa estar presente em outras estações. Os sintomas geralmente aparecem de forma repentina, como febre, dor de garganta, tosse, dores no corpo e de cabeça. Geralmente, tem resolução espontânea em aproximadamente sete dias, embora a tosse, o mal-estar e a fadiga possam permanecer por algumas semanas.

Estadão Conteúdo

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas