segunda-feira, 17 de junho, 2024
23.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Greve de fome de Garotinho chega ao 6º dia

Rio de Janeiro (AE) – O pré-candidato à Presidência pelo PMDB e ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, entrou ontem no sexto dia de sua greve de fome, iniciada no último domingo. O estado de saúde de Garotinho inspira cuidados e ele pode ser internado a qualquer momento.

O ex-governador acordou cedo, por volta das 7 horas, e recebeu visitas de simpatizantes durante toda a manhã. Até o fechamento desta edição, o boletim médico de Garotinho ainda não tinha sido divulgado. Em medição feita na sexta-feira, o pré-candidato do PMDB já havia perdido 3,9 quilos com o protesto.

Correligionários permaneceram a manhã em vigília, em frente à sede regional do PMDB, no centro do Rio, onde se encontra o ex-governador. Alguns chegaram a acampar ao lado do prédio.

A greve foi iniciada em resposta às denúncias de irregularidades nas doações para a pré-campanha do peemedebista. Na sexta-feira, a comissão de parlamentares que apóia a candidatura de Garotinho tinha encontro marcado com a secretária das Fundações Jimmy Carter, Shelleye McConnell, que está em Atlanta, na Geórgia.

Os deputados querem pedir o acompanhamento de organismos internacionais para as eleições no Brasil – uma das condições para a suspensão da greve de fome. Na sexta-feira, Garotinho admitiu pela primeira vez que sua candidatura à Presidência tinha poucas chances de se concretizar.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas