segunda-feira, 17 de junho, 2024
28.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Prates se despede da Petrobras e destaca ‘partida’ ao processo de transição energética

O ex-presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, fez um pronunciamento oficial sobre sua demissão da estatal no fim da tarde desta quarta-feira (15). Em declaração publicada por meio das redes sociais, ele destacou os resultados alcançados por meio de sua gestão e aproveitou a oportunidade para agradecer ao presidente Lula pela chance de presidir a estatal.

“Nesse breve período, criamos a nova diretoria de transição energética e sustentabilidade. Conduzimos com sucesso um reposicionamento da empresa frente ao mercado, nos distanciando daquela orientação política anterior”, enfatizou Prates.

Ele ressaltou, ainda, o cenário positivo alcançado pela estatal frente aos investidores, a manutenção do desempenho e a expansão dos parques de refinarias com foco no desenvolvimento dos biocombustíveis, na petroquímica e fertilizantes.

Na visão de Prates, a gestão buscou avançar com uma governança mais robusta e sem ‘extremismos’. “Explicamos à população a importância de repormos reservas de petróleo em novas fronteiras, como a bacia de Pelotas ou a margem equatorial. Durante todo esse tempo, produzimos muito com atenção à segurança operacional e tentando recuperar o senso de respeito à pessoa”, complementou.

Jean Paul Prates foi demitido em reunião no Palácio do Planalto, por volta das 19h30 da terça-feira (14). O encontro foi com o presidente Lula e com os ministros das Minas e Energia, Alexandre Silveira, e do Gabinete Civil, Rui Costa.

Apesar de não estar mais na chefia da Petrobras, o ex-presidente destacou que o melhor da estatal está por vir e que a sustentabilidade é uma responsabilidade de toda a sociedade. Ele finalizou seu discurso desejando sucesso aos petroleiros e ressaltando a diferença alcançada com os resultados de sua gestão.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas