domingo, 14 de abril, 2024
28.1 C
Natal
domingo, 14 de abril, 2024

Alegria e tristeza

- Publicidade -

Itamar Ciriáco
[email protected]

Sempre fui a favor da torcida mista. Fui criado indo ao estádio onde as duas torcidas eram separadas por uma corda conduzida por um cordão de policiais instruídos apenas a meter a porrada em quem os desobedecesse e cujo treinamento para atuar em eventos (esportivos ou não) era zero.

Digo isso sem demérito aos nossos bravos policiais, apenas, naquela época, ainda não existiam os treinamentos atuais, introduzidos, em sua grande parte, por ideia de um policial que, quando começou a atuar nessa área, era apenas o Tenente Alarico. Hoje, por méritos, é coronel PM.


Acompanhei, através de vídeos, o treinamento da tropa para o clássico América x ABC, que será domingo na Arena das Dunas. Confesso que, nesse momento, senti um misto de alegria e tristeza.


Alegria por ver o quanto a PM evoluiu nessa área. São táticas elaboradas e treinadas. Equipamento de ponta, veículos, proteção quase integral para os os policiais, além de armamento não letal completo para o trabalho. Sabemos que ainda há o que melhorar, mas quanta diferença para aquele soldado de pé na arquibancada do Castelão/Machadão, apenas com um cassetete e um capacete.


Por outro lado, também veio a tristeza. Toda aquela estrutura estava se preparando para um jogo de futebol. A tropa não estava sendo treinada para buscar os fugitivos de Mossoró. O objetivo era conter vândalos que se apoderaram das torcidas e que aterrorizam as ruas em dias de jogos e que, nos clássicos, preocupam ainda mais a toda sociedade.


Fiquei triste por perceber o quanto precisamos desembolsar para nos protegermos de bandidos travestidos de torcedores que mancham o esporte e afastam os verdadeiros cidadãos da modalidade esportiva mais amada do povo brasileiro.


Fiquei satisfeito por perceber que aquele processo, que começou pequeno há alguns anos na PM, rendeu frutos e que pode, e precisa, cada vez mais ser melhorado. O treinamento tem que ser constante para evitar erros como o ocorrido no ABC x Sport. As decisões técnicas dos policiais especialistas precisam superar interesses políticos que venham de fora e o respeito ao trabalho dos PMs também precisa voltar. A sociedade tem que estar unida contra os bandidos em todas as áreas e no esporte não é diferente.


Que tenhamos um clássico de paz e que a estrutura montada pela PM não seja necessária, para que o esporte e a vida vençam.

Velho ditado “Em time que está ganhando não se mexe”.

Velho Lobo Mário Jorge Lobo Zagallo será homenageado pela FNF que nomeou o troféu do Primeiro Turno do Campeonato Potiguar em alusão ao “Velho Lobo”. Muito justo pelo que representou o supercampeão para o futebol brasileiro e mundial.

Reciprocidade
O Regulamento Geral das Competições fala em, no mínimo, 10% das vagas no estádio para a torcida visitante. Sou a favor que isso seja mantido na Arena das Dunas, neste domingo em razão da regra de reciprocidade. Explico! Em clássicos, no estádio Frasqueirão, devido a configuração arquitetônica do mesmo, não seria possível dividir as vagas em 50% para cada rival.

Daronco
O árbitro Anderson Daronco vem para Natal após ser responsável por uma arbitragem polêmica no clássico Gre-Nal. Lá, como aqui, o experiente profissional do apito não poderá contar com o auxílio do VAR, o que aumenta ainda mais a responsabilidade. Para trazer o gaúcho, o América, solicitante, teve que desembolsar cerca de R$ 15 mil. Para termos um VAR, o custo seria de R$ 50 mil.

Crítica pela crítica

Ninguém é obrigado a saber como funcionam redações de jornais, ou dos portais na internet. No entanto, se a intenção é criticar, seria de bom tom buscar essa informação antes de falar/escrever bobagem. Um jornal, por precisa ser impresso, tem o que se chama “deadline”. Ou seja, as notícias e imagens precisam estar prontas, diagramadas e editadas para dar início ao processo de impressão antes de determinado horário . Dessa forma, a redação tem até “x” horas para produzir. Se do assim, os jornalistas precisam trabalhar com o que tem em mãos até aquele determinado horário. Ou seja, se um jogo, terminar após esse horário, a notícia, as fotos, etc, são aproveitadas pelo Portal de notícias, uma vez que o jornal já estará em processo de impressão. Por exemplo, o leitor do Sistema Tribuna de comunicação, não lerá, no impresso, nesta quinta-feira, a notícia do jogo Ceará x ABC (21h30), que acaba após o horário de fechamento. O torcedor Alvinegro já foi informado pelo portal Tribuna e pôde acompanhar tudo ao vivo na Jovem Pan News Natal. O torcedor americano poderá ler no impresso a matéria América x Treze, no Portal e também teve o ao vivo na 93.5 FM.

50 nomes O técnico da Seleção Brasileira, Dorival Júnior disse que elaborou uma pré-lista de 50 a 55 nomes de possíveis convocados e pediu paciência aos que não estiveram na relação para os dois amistosos de março, contra Inglaterra e Espanha. No momento em que muita gente diz que não existem mais bons jogadores para formar a seleção, Dorival afirma ter listado 50.

Podcast

O jornalista Rubens Lemos Filho estreia, nesta quinta-feira (29), a segunda temporada do seu podcast, Tirando a Limpo. Na primeira temporada, tive a honra de participar de um dos episódios e assisti a outros programas de extrema qualidade. Rubinho, como chamamos ele aqui na redação, é um jornalista perspicaz e sabe perguntar como poucos. A segunda temporada vai começar com tudo e ele tem dois convidados inesquecíveis para os apaixonados pelo futsal potiguar. Vale à pena esperar para assitir hoje.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas