quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024
25.1 C
Natal
quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024

PPPs e concessões: explorando novas possibilidades para o RN

- Publicidade -

Marcelo Queiroz
Empresário e presidente da Fecomércio RN

Em meio ao vasto panorama na busca pelo desenvolvimento econômico, frequentemente ficamos diante de oportunidades que exigem parceria e cooperação. No Rio Grande do Norte, iniciamos 2024 diante de uma dessas ocasiões, onde as Parcerias Público-Privadas (PPPs) e concessões surgem como caminhos promissores.
Com a Lei das PPPs aprovada e regulamentada, enxergamos novas possibilidades. A Fecomércio RN, por meio da Câmara Empresarial do Turismo, sugeriu, em recente reunião com o Governo do Estado, uma série de caminhos para fortalecer esta que é a principal atividade econômica do Rio Grande do Norte.


Cada vez mais, temos sido instados a olhar além. Com a união de forças, entre o setor público e o privado, poderemos transformar projetos em resultados e alcançar as oportunidades para o crescimento sustentável do turismo potiguar. Em um momento em que o Estado busca ampliar suas receitas e investimentos, as concessões podem ser impulsionadores que nos levarão a um novo patamar.


É nossa responsabilidade traçar rotas seguras e estratégias inteligentes para aproveitar ao máximo o cenário favorável. Sabemos que as oportunidades de concessões na área ambiental, como o Parque das Dunas, o Cajueiro de Pirangi e as APAs Bonfim-Guaraíra e Genipabu, merecem cuidado e respeito, garantindo a preservação da beleza natural de nosso estado para as gerações futuras.


A iniciativa privada compreende as dificuldades que o setor público enfrenta ao investir nas soluções mais adequadas para usufruir economicamente e garantir a preservação ambiental desses espaços. Da mesma forma, entendemos os desafios de gerir equipamentos que guardam nossa história, como o Museu da Rampa e o Forte dos Reis Magos.


Por isso, como temos feito em diversas pautas importantes, nos colocando à disposição para atuarmos na construção de soluções. Temos a certeza de que a colaboração e o diálogo são o melhor caminho para que o Rio Grande do Norte possa atingir todo o seu potencial.

*Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas

Guardando as máscaras