domingo, 14 de abril, 2024
29.1 C
Natal
domingo, 14 de abril, 2024

Cartas

- Publicidade -

Furtos de cabos I

Até nessa prática o RN é vulnerável. Os caras fazem isso quando bem querem, a qualquer hora do dia ou da noite. (Sobre a matéria: Furtos de cabos elétricos deixaram 360 mil potiguares sem energia).
Luiz Marinho via Instagram
@la7569499

Furtos de cabos II

A gente não vê notícia de nenhuma prisão de receptador de cobre. Com tantas câmeras em todos os lugares, também não se acha quem rouba. Por que, hein? (Sobre a matéria: Furtos de cabos elétricos deixaram 360 mil potiguares sem energia).
Via Instagram @rosinhacunha55

Dengue I

Sempre se comentou que a proliferação da dengue estava ligada, principalmente, à existência de focos do mosquito localizados no interior de imóveis fechados e/ou abandonados. Agora, a mídia divulgou, inclusive a TN, que isso era um equívoco, haja vista que cerca de 70% dos focos localizam-se em imóveis habitados. Ante o volume de informações, de campanhas permanentes orientando sobre as simples medidas a serem adotadas cotidianamente pela população, no sentido de evitar a propagação do mosquito, essa constatação chega a ser o limite da ignorância e da estupidez. Voltamos à civilização do tempo da pedra lascada.
Alberto de Sousa Bezerril
Via E-mail

Dengue II

Calhas de telhado sujas com folhas, calhas dos coqueiros que enchem de água, várias plantas, como bananeira de jardim, que acumulam água. Todo mundo tem que procurar e eliminar os focos. E não achar que a obrigação é só do governo. Todo mundo pode ajudar. Uma vez, em uma mangueira, o fiscal da prefeitura encontrou larvas de mosquito em uma pocinha feita por uma curva de um galho no tronco. Não tinha mais água que um xícara de chá, mas estava cheia de larvas.
Rosa da Cunha Ferreira
Via E-mail

Matrículas em baixa I

Pessoal vim aqui compartilhar minha experiência. Trabalho na rede há 11 anos e minha escola virou integral uns anos atrás e foi muito pouco aceito na minha comunidade por falta de estrutura física e muitos alunos trabalhando para ajudar em casa. Nossa comunidade não quis integral desde sempre, mas insistiram e de fato não teve demanda. Perdemos muitos alunos para outras escolas regulares na época. E não foi por falta de trabalho e empenho da equipe. O ensino integral não pode ser implementado de qualquer forma. É necessário muito estudo da comunidade e melhorias. Sobram vagas sim!(Sobre a matéria: Escolas tradicionais têm redução de até 70% nas matrículas de alunos).
Wellen Caldas via Instagram
@wellencaldas

Matrículas em baixa II

Na minha época tinha que dormir na fila pra conseguir vaga. (Sobre a matéria: Escolas tradicionais têm redução de até 70% nas matrículas de alunos).
Luana De Sousa via Instagram
@luanats85

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas

PERSE