segunda-feira, 15 de abril, 2024
26.1 C
Natal
segunda-feira, 15 de abril, 2024

E já que tudo vira polarização “nêfi paísf…”

- Publicidade -

[Instagram @alexmedeiros1959]

(Por Graco Medeiros)

À guisa de inserimento no contexto do quiproquó (êh, lasqueira!) entre Ivete Sangalo, musa do Axé Music, e a veterana de bons trabalhos prestados à MPB, tropicália, samba e rock brasileiro desde os Novos Baianos, quando atendia pelo nome de Baby Consuelo (depois Baby do Brasil).

Devo dizer que, independentemente desse histórico e cronologia da Baby, tenho uma certa admiração pela cantora suingueira e de performance cênica chamada de “Veveta” pelo seu público new generation. Pra mim, ela é a melhor de toda a baianidade “axezeira”, incluindo a atual ministra da cultura Margareth Menezes, Cláudia Leitte e a chata da Daniella Mercury.
Não é fácil desconsiderar uma figura como Ivete, a “Musa de Genival Lacerda”, bem como a ex-mulher e parceira do grande guitarrista Pepeu Gomes e sua performance como única componente mulher de Os Novos Baianos, numa Bahia de Gal Costa e Maria Bethânia. Ponto.
Só que Baby é a chamada “puta véia” no sentido cronológico e de grandes vivências, seja de caráter pessoal ou musical. Ela é uma T. Rex da minha geração, do início dos anos 1950. Já Sangalo é de 1972, quando Baby Consuelo já fazia misérias com os Novos Baianos. Tão ligados, “boys and girls?”.
Eu, que também sou jurássico, (“Respeita, Januário”) e signatário de uma frase, não sei de quem, que afirma ser o diabo não tão inteligente, mas vivido. Por isso é chamado de “Old Man”. E foi o que rolou na polêmica entre a cinquentona Ivete e a “véia” setentona Baby, com mais de vinte anos de lambuja na frente de Sangalo.
Querem saber o auê? Pois bem. Ivete, ao retrucar a fala ‘apocalíptica’ de Baby do Brasil, esta gritou pra rainha do axé:

  • “Canta a Pequena Eva!
    Canta a Pequena Eva!!!”
    Claro que Ivete sacou a cutucada de Baby, posto que no tempo que ela, ‘Veveta’, era crooner da Banda Eva, de onde levantou voo para o sucesso nacional, a banda gravou a versão de ‘Eva’, gravada em português primeiramente pela banda de rock pop Rádio Táxi, em 1983. A música é de autoria dos compositores italianos Umberto Tozzi e Giancarlo Bigazzi. Acontece que a versão do Rádio Táxi, cantada depois pela própria Sangalo na banda Eva com o título de ‘Pequena Eva’ é de cunho altamente escatológico, anunciando o suposto fim dos tempos.
    Trata-se, portanto, de uma letra de narrativa longa, porém transcrevo aqui as duas estrofes inicias para justificar a provocação de Baby do Brasil pra cima da Veveta. Se liguem aí:

“Meu amor
Olha só, hoje o sol não apareceu.
É o fim
Da aventura humana na Terra.
Meu planeta, Deus,
fugiremos nós dois na arca de Noé
mas olha bem, meu amor,
o final da odisseia terrestre…
Sou Adão e você será
Minha pequena Eva,
o nosso amor na última astronave.”

E aê? A “veinha” tirou onda, independente do seu discurso sobre o advento?
Afinal, como a própria Baby Consuelo cantou na música Farol da Barra, de Caetano e Galvão:

“Bem cabia uma profecia até o ano 2000,
o Farol, além do pôr-do-sol,
será o pôr-do-som
onde verás um realejo,
onde verás um violão.”

Política Não faltaram as cores partidárias e ideológicas no meio da folia, com lideranças e a entourage exibindo a preferência cromática. Os principais pré-candidatos a prefeito de Natal perambularam em todos os polos e similares.

Claques Logo na abertura do carnaval, quando o prefeito Álvaro Dias entregou a chave da cidade ao rei momo, um grupo de foliões disparou uma saraivada de vaias. Quem estava perto percebeu os seguidores da pré-candidata Natália Boavida.

Espelho Já no último dia da folia, na multidão que todos os anos invade Caicó, a vaia despencou sobre a governadora Fátima Bezerra. Se não deu pra identificar a turba, vale lembrar que ali é a cidade-natal (trocadilho involuntário) de Álvaro.

Patrocínio Na cidade de Londrina (PR), uma pesquisa comprovou uma realidade sobre a maioria da população não gostar de carnaval. Então a Câmara Municipal decidiu aprovar uma lei proibindo recursos públicos nos blocos e nos eventos.

Herdeira E durante os dias de festa popular, o campeão de votos em 2022, Wendell Lagartixa, anunciava aos seus seguidores que sua filha Wesliane vai disputar vaga na Câmara Municipal. Poderá repetir o pai com votação acachapante.

Macaíba Vitória para a cidade vizinha e para a história arquitetônica do RN. O Ministério Público conseguiu finalmente a sentença judicial que obriga o governo estadual a realizar o projeto de revitalização da estrutura do Casarão dos Guarapes.

Imprensa Nada mais significativo nestes tempos de decadência da grande imprensa e da intelijumência da blogosfera do que a fala de Denzel Washington sobre a mídia: “Se não ler as notícias, ficará desinformado; se ler, ficará mal informado”.

Barraco Digno das mais clássicas novelas mexicanas e muitas das TVs Globo, SBT e Record, o caso seguiu o velho padrão de baixaria. Dentro da família alguém resolveu lançar elegias à esposa e aí provocou a ira tresloucada da rapariga.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas