domingo, 14 de abril, 2024
32.1 C
Natal
domingo, 14 de abril, 2024

Eu e Django

- Publicidade -

[instragram @alexmedeiros1959]
A sessão contínua do Cinema São José nas tardes-noites de sábado terminava ali pelas 22 horas, horário já tarde para os pré-adolescentes naquele começo de anos 1970. Seguíamos um ritual demorado para assistir dois filmes e um capítulo de algum seriado semanal. A gurizada se espalhava pela calçada do beco formado em dobro pela presença do mercado no centro da rua.

Horas antes do filme em cartaz, um bazar a céu aberto era feito com troca e venda de revistas em quadrinhos e figurinhas de álbuns ilustrados. Na escuridão da pequena rua congestionada pelas barracas que esperavam o amanhecer da feira de domingo, eu voltava para casa imitando o olhar de Django. Fitava cada lona velha, cada poste, as carroças dos feirantes, como se atrás se escondessem bandoleiros mexicanos.


O cowboy do bang-bang era o ator Franco Nero, um herói que rivalizava em carisma e valentia com os grandes da época nas peles de John Wayne e Clint Eastwood. Os dois americanos tinham mais fãs, mas eu curtia mais o italiano.

No silêncio da noite das Quintas, voltávamos para casa no labirinto de barracas e carroças, no clima de filme de Django a nos banhar os sonhos juventude. Tínhamos aquele olhar azul a penetrar tudo como um tiro certeiro e mortal.

No barulho do forno da padaria a assar o pão de cada dia, havia naquele cenário a canção de Luís Bacalov, “Django, have you always been alone?”. E eu descia a ladeira da minha rua puxando o caixão do cowboy, na fantasia que matava por instantes a dureza da vida.

Ainda hoje assisto quando bate a saudade o filme do diretor Sergio Corbucci. Ninguém jamais agiu como Django, nenhum mocinho foi mais rebelde e invencível. Django tinha pavio curto, não guardava desaforos em seu caixão.

Diante de coisas injustas, tento imitar nos gestos e palavras aquele olhar fuzilador e ao mesmo tempo doce, se dirigindo à bela atriz Loredana Nusciak, mãos estendidas, dizendo “ninguém vai te maltratar enquanto estiver comigo”.

Os filmes com Franco Nero alertaram para o fato de que na vida cotidiana os bandoleiros e pistoleiros nunca dormem, estão sempre na espreita, por trâs de alguma barraca de feira ou de uma conveniência qualquer.
Aprendí com Django a fazer justiça com palavras substituindo balas. Não me omito, e por apoiar quem faz justiça com as próprias mãos, sempre me imagino com um revólver reluzente sempre pronto a derrubar hipócritas e canalhas.

Marajó Oportuna a edição de ontem do programa Morning Show da Jovem Pan News debatendo o império da maldade e da perversão na Ilha do Marajó. A média de estupro lá e no Pará é o dobro de todo o Brasil. Muitas vítimas são crianças.

Censura O jornalista português Sergio Tavares está mobilizando a mídia europeia denunciando a narrativa da PF sobre sua prisão em Guarulhos. Exibiu o Termo de Declaração onde nada cita sobre “visto de trabaho” como motivo da prisão.

Nárnia O ministro Alexandre de Moraes tentou ser engraçado citando Nárnia como uma ditadura do Leão Aslan. Esqueceu que as maiores democracias são em regimes monárquicos, como Inglaterra, Noruega, Japão, Espanha, Holanda…

Perseguição O governo e a justiça da Espanha deverão dar proteção em nível internacional aos filhos do jornalista Oswaldo Eustáquio, que após ser preso ficou paralítico e saiu do Brasil, se exilando na Inglaterra. A conta de uma filha foi bloqueada.

Obscuro O jornal The Economist disse que Lula quer o Brasil para todo mundo, se diz defensor do meio ambiente, potência petrolífera, um promotor da paz, mas ele e seu governo (diplomacia) desempenham papel obscuro no cenário mundial.

Amarelou O jornalista Tucker Carlson, uma das maiores audiências americanas no mundo, afirmou que Joe Biden ajudou a instalar um governo pró-China no Brasil, que fechou os meios de comunicação de oposição e prendeu críticos.


Literatura O livro “A Voz que Ninguém Escutou”, de Renan Silva, foi o vencedor da 8ª edição do Prêmio Kindle de Literatura, realizado pela Amazon Brasil em parceria com editora Record e TAG Experiências Literárias. É sobre angústias.

Superman Começaram as filmagens do novo filme do Superman. Pelo menos é o que indica o perfil da atriz Rachel Brosnahan no Tik Tok, que postou imagens com David Corenswet, que será o super-herói, e com Nicholas Hoult, o Lex Luthor.

Moda Como antigamente, Milão voltou a ser o epicentro da moda com o concorrido desfile da Twinset. E das muitas beldades, destaque maior para o Ella Bleu Travolta, filha do ator, e Cleópatra von Adelsheim, a princesa e baronesa.

Contato A advogada brasileira Rafaela Pimenta, empresária do artilheiro norueguês Haaland, do Manchester City, se reuniu no restaurante Sushi 99, na Catalunha, com o ex-jogador Deco, atualmente diretor esportivo do clube FC Barcelona.

Popularidade A empresa Sports Poll divulgou dia 24/2 uma pesquisa apontando Lionel Messi como a figura esportiva de maior popularidade nos EUA. O craque entra no clube de Michael Jordan, Tiger Woods e LeBron James, que já foram eleitos.

Salão Um show de bola a entrevista dos eternos craques do futebol de salão, Dennis (ABC) e Sílvio (América), no podcast “Tirando a Limpo” de Rubinho Lemos. Palavras e memórias trocadas em linha de passe sob a arbitragem do anfitrião.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas

PERSE