segunda-feira, 17 de junho, 2024
23.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Inteligência

[email protected]

Um dos maiores dramas do futebol e, acho que da maioria das pessoas, é como fazer mais com pouco dinheiro. A Inteligência Financeira é um dos caminhos. De acordo com um artigo do site que leva o nome anterior aponta que dá para cortar custos e despesas, operar num nível abaixo do que os clubes fazem, e buscar maior eficiência nos gastos.

Segundo a publicação, um dos argumentos repetidos pelos dirigentes é que a geração de receitas no futebol atual depende fortemente de performance. No caso de clubes como os potiguares, esse impacto é maior. Em clubes grandes, por exemplo, a principal receita (40%) vem das transmissões de TV, seguida dos patrocínios (19%), negociação de atletas (18%), Bilheteria (15%) e outros (8%).
Ou seja, para os grandes clubes o impacto de derrotas é menor, pois a grana segue entrando com os direitos de TV. Isso pode impactar no futuro, caso haja rebaixamento, mas de imediato não. No caso de ABC e América, vencer é atrair o público com bilheteria e associações, pois não há direitos de TV em alta, o comercial não atrai grandes investimentos e a negociação de atletas não rende valores vultosos.
Onde há semelhança é na Copa do Brasil. Os campeões fazem mais de R$ 100 milhões entre premiação e bilheteria na Copa do Brasil e R$ 130 milhões na Libertadores, e há diferença importante para as demais colocações. Na Copa do Brasil, o vice-campeão faz cerca de R$ 40 milhões, e na Libertadores o valor é próximo a R$ 70 milhões. Para os clubes potiguares a Copa do Brasil pode assegurar o orçamento do ano. Passando de fases os prêmios são milionários e impactam fortemente (positivamente) os cofres, Este ano, além dos prêmios, o América tem o jogo da quarta-feira contra o Corinthians, que vai render um bom dinheiro de bilheteria e já rendeu um grande reforço nos sócios-torcedores.
Diante desses cenários e, voltando ao início, fica claro que os clubes precisam organizar seus gastos. Investimentos errados em jogadores que só trazem despesa e treinadores fracos, além de elencos inchados destroem as finanças dos clubes que, além disso ainda sofrem na Justiça do Trabalho por descumprimento de contratos, etc.
Como em qualquer empresa, se você tem bons funcionários, não há custo e sim investimento, uma vez que o trabalho de excelência realizado por eles irá render lucros. Se os trabalhadores são desqualificados, o risco de quebra de equipamentos, produção de qualidade baixa e excesso de gastos prejudicará o desempenho e diminuirá os lucros.
Um estudo que já publicamos aqui na Tribuna do Norte aponta a ineficiência e o baixo índice de acerto nas contratações dos nossos clubes. Isso é um grande problema que precisa ser resolvido com a contratação de profissionais competentes de análise de mercado. Melhor investir antes que chorar depois. Afinal, o choro é “Real”.

Defesa

O ABC contratou o técnico Roberto Fonseca. Muitos não gostam do treinador e dizem que ele é “retranqueiro”. Diante de uma defesa tão frágil no Alvinegro, talvez alguém que tenha uma atenção especial ao setor seja realmente necessário. Na minha visão, com o elenco que o clube tem, jogar precavido é necessário. O sistema ideal, para quem não conta com um centro-avante de ofício, seria um 4-4-2 contando com três volantes e um meia. Um volante mais fixo protegendo a zaga (Wellington Reis), dois mais livres para saída de bola e pisar na área e um meia sem responsabilidade de marcação, flutuando com liberdade para criar. Na frente, dois velocistas com capacidade de fazer gols.

Poupar
Ultimamente não tenho poupado nem dinheiro (não tenho mesmo rsrs). Diante disso fico pasmo com o América tendo poupado titulares contra o Maracanã pensando no jogo diante do Corinthians pela Copa do Brasil. Essa decisão me parece estranha quando, desde sempre, o discurso é que a prioridade é sair da Série D do Campeonato Brasileiro. Então a prioridade não é mais essa?

Sub-15
No Estadual Sub-15, a sexta rodada está marcada para o próximo fim de semana, dias 4 e 5 de maio. Todos os jogos acontecerão no Estádio Juvenal Lamartine, com transmissão ao vivo da TV FNF no YouTube. QFC e Baraúnas despontam no grupo A com 12 pontos cada. O QFC leva a melhor no saldo de gols com 10 gols. No Grupo B, Monamy lidera com 13 pontos.

União
União venceu o R4-CE pelo placar de 1×0 e avançou às oitavas. O gol foi marcado por Gabi Barrozo, de pênalti. A equipe representante do Rio Grande do Norte no Brasileiro A3 agora vai encarar o Botafogo-PB. Os jogos estão previstos para os dias 04 e 11 de maio.

Textor

A ação de Textor ao acusar a arbitragem brasileira está causando estragos. A atitude de Renato Gaúcho na partida contra o Grêmio é uma das consequências mais evidentes do mal que esse tipo de atitude, sem provas, pode ocasionar. A arbitragem já foi usada como desculpa por incompetentes muitas vezes. A capacidade de assumir que o adversário foi ou é melhor é uma condição psicológica de má formação e incapacidade de conviver saudavelmente com as derrotas. Para além disso, culpar o alheio também é uma tática ótima para tirar o foco dos seus próprios erros. Já tratei desse assunto aqui mesmo na coluna. O Bahia foi melhor e Renato, como mau perdedor que é, fez birra. Achou um motivo para jogar no colo do árbitro a sua derrota. Sim, os árbitros são ruins. Aqui mesmo em ABC x Náutico isso ficou evidente. Mas, todos vimos que o Alvinegro caiu também por sua baixa qualidade.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas