sexta-feira, 19 de abril, 2024
26.1 C
Natal
sexta-feira, 19 de abril, 2024

Notas e Comentários

- Publicidade -

[ [email protected] ]

Falha na vigilância
“A fuga não foi em razão da obra, aconteceria com obra ou sem obra. E câmera não impede ninguém de fugir. O que resolveria era a cela ter sido inspecionada diariamente. Os policiais penais são valorosos, extremamente dedicados, verdadeiros heróis, não é fácil esse tipo de profissão, mas houve um erro de procedimento”, ressaltou o juiz corregedor Walter Nunes sobre a fuga de dois presos no último dia 14. “Não foi a falta de câmeras ou a obra que ocorria no presídio de segurança máxima, e sim uma falha na vigilância nas celas individuais dos detentos”.

Sem comando

A saga da Fuga de Mossoró, que passou de uma semana de perseguição a dois fugitivos, por mais de 500 policiais, passa a impressão de falta de comando. A turma que entrou (Ricardo Lewandowski) não se entende com a que ficou ou estava saindo (Flávio Dino). Nos bastidores, se tem como certo que a saga vai é piorar. Tanto que a saída de Flávio Dino do Senado Federal, prevista antes com muito barulho, pompas e circunstâncias não logrou êxito. Deu xabu. Mas agora o homem é STF. Cenas dos próximos capítulos ou temporadas.

Ações de Dino

O novo ministro do STF, Flávio Dino, entre os processos que irá julgar estão o sobre a legalidade do indulto de Natal concedido por Jair Bolsonaro (PL) em 2023, uma ação da CPI da Covid-19 contra o ex-presidente que apura se ele e outros agentes públicos incitaram a população a adotar comportamentos supostamente inadequados para o combate da pandemia, e aquele em que o Partido Liberal (PL) pede que a punição para abortos provocados por terceiros seja equiparada à do crime de homicídio qualificado.

Chama o Mossad

Um político anfíbio (nem tanto lulista, nem tanto oposição), mas que não perde a piada, sugere, segundo Cláudio Humberto, do Diário do Poder, que o Brasil sele a paz com Israel pedindo a ajuda do Mossad (a agência de inteligência nacional de Israel) em Mossoró. Na tropa da segurança pública do RN dezenas de oficiais foram treinados pelo Mossad. Passou da hora de enviar essa turma para o front.

Irresponsabilidade de Lula “Durante seu primeiro ano deste mandato, (Lula) firmou-se como um chefe de Estado excêntrico. A fala de Adis Abeba (Etiópia) temperou a ignorância com irresponsabilidade”, por Elio Gaspari, jornalista e escritor em O GLOBO.

19º pedido de impeachment

Após ter comparado a atuação de Israel na Faixa de Gaza ao extermínio praticado pela Alemanha nazista durante o Holocausto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tornou-se alvo de seu 19° pedido de impeachment desde que assumiu o terceiro mandato, em janeiro de 2023. Desta vez, o de maior adesão, com mais de 130 assinaturas por parte dos deputados federais.

Mudança O vereador Kleber Fernandes está de mudança de partido. Ele aproveitará a janela partidária e irá se filiar ao Republicanos, no domingo (25), 16h, no Versailles. Também se filiam ao Republicanos: o ainda Secretário de Serviços Urbanos de Natal, Irapoã Nóbrega Azevedo e Thiago Mesquita (Meio Ambiente).

Moto

Projeto “Pilote Seguro” visa conscientizar motociclistas e reduzir números de acidentes de trânsito é lançamento nesta sexta (23), na Assembleia Legislativa, às 9h. Será executado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) com recursos de emenda parlamentar do Deputado Federal, General Girão (PL) e com base na Lei Estadual nº 10.943/2021, de autoria do Deputado Estadual Coronel Azevedo (PL).

Mulher

A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ProMulher/ALRN) inicia o seu processo de interiorização pelo município de São José de Mipibu, localizado na Grande Natal. De acordo com a procuradora especial da mulher, deputada estadual Cristiane Dantas (SDD), o município foi o primeiro do Estado a aprovar um projeto de resolução na Câmara Municipal, criando a Procuradoria Municipal da Mulher na cidade, tornando-se apta a receber toda capacitação e orientação da ProMulher da ALRN.

Sem luz

O deputado Tomba Farias (PSDB) fez críticas, na sessão da quinta-feira (22), à atuação da Cosern, que cortou a energia de sua fazenda, em Tangará, e trocou a categoria de distribuição sem lhe comunicar. Segundo Tomba Farias, pelo fato de a área rural contar com um parque de vaquejadas, a Cosern transformou a categoria de área rural para área comercial. O parlamentar lembrou que a propriedade rural é mantida por energia solar, a partir de um investimento próprio de R$ 150 mil. “A minha energia é solar e a Cosern corta?”, criticou Tomba.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas