quinta-feira, 18 de abril, 2024
26.1 C
Natal
quinta-feira, 18 de abril, 2024

Notas e Comentários

- Publicidade -

[ [email protected] ]

Objetivo alcançado

A maioria dos brasileiros considera que a manifestação promovida por Jair Bolsonaro (PL) na Avenida Paulista, no domingo, 25, foi grande, e que o ex-presidente saiu mais forte do evento, segundo pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 28. De acordo com a pesquisa, 68% dos entrevistados consideram que manifestação na Paulista foi grande, 20% julgam que foi média e 6%, pequena. Entre aqueles que votaram em Bolsonaro no segundo turno de 2022, 89% acham que o ato foi grande e apenas 1% pensa que foi pequeno.

Já entre os que votaram em Lula, 46% consideram que a manifestação foi grande, ante 13% que avaliam que foi pequena. Objetivo do grupo acabou sendo atingido com sucesso, pois a direita estava acuada pelos últimos acontecimentos político-judiciais e, mesmo assim, ocuparam a Avenida Paulista.

Sem efeito

Lula tentou editar declarações comprometedoras numa era em que vídeos deixam pouca margem para dúvida. O presidente concedeu entrevista ao jornalista Kennedy Alencar em que se apegou ao fato de não ter usado a palavra “Holocausto” em sua declaração em Adis Abeba, onde disse que o único precedente para o que Israel comete na Palestina tinha sido “quando Hitler resolveu matar os judeus”. Não é preciso fazer um tratado de interpretação de texto para saber que a ausência da denominação histórica dada à matança dos judeus pela Alemanha nazista não elimina a comparação disparatada feita pelo presidente brasileiro. Como diz Vera Magalhães em O Globo: “com direito a vídeo em questão de minutos, tentar reescrever declarações e adicionar “contextos” ou interpretações posteriores tem pouca validade”.

Fios

Furto de cabos de energia poderá ter pena agravada, projeto está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Pela legislação em vigor, a pena prevista para o furto vai de um a quatro anos de prisão e multa. Para a receptação, a punição pode chegar à reclusão de oito anos. O projeto altera o Código Penal para prever que, no caso de equipamentos usados para o fornecimento de serviços públicos, as penas sejam aumentadas entre um terço e o dobro.

Nove meses de silêncio O Diário do Poder relembra que a imprensa brasileira silencia em mais uma intimidação, após uma repórter ser hostilizada por indagar Lula sobre o ato pró-Bolsonaro. E há 9 meses Lula não diz uma palavra sobre a agressão covarde a Delis Ortiz por capangas do ditador Nicolás Maduro.

Estilo Walter

Pela 4ª vez, a governadora Fátima Bezerra (PT) transmitiu o cargo para Walter Alves (MDB) que responde como governador em exercício até 5 de março. Fátima embarcou para Portugal. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), foi cumprimentar o amigo na Governadoria. Walter tem recebido deputados e vários prefeitos nesta interinidade focada na política e na gestão.

Tem que malhar

Deu certo o gesto do assessor Allan Taffarel que segurou na parte inferior da camisa do prefeito de Natal, Álvaro Dias, para que a barriga do mesmo não fosse exposta em foto no evento do Republicanos. “Esteira pra baixar a barriga! Em Brasília, para cumprir uma extensa agenda em prol da cidade de Natal, mas primeiro, um compromisso com a saúde”, postou o prefeito na no Instagram.

Judô O projeto do medalhista olímpico Tiago Camilo que busca atender crianças e adolescentes entre 5 a 18 anos na modalidade esportiva do Judô, será lançado em Macaíba no próximo dia 02 de março, a partir das 10h. O projeto tem emenda do deputado federal General Girão (PL), que investiu recursos na ordem de R$ 300 mil para a ação na Grande Natal.

——

As principais ruas e avenidas de Natal estão sendo recuperadas pela Prefeitura, com o programa Asfalto Novo. O investimento passa dos R$ 70 milhões.

A ALRN começou a instalar as comissões permanentes. A de Defesa do Consumidor, dos Direitos Humanos e da Cidadania elegeu a deputada Divaneide Basílio (PT) como presidente e o deputado Ubaldo Fernandes (PSDB) como vice-presidente.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação conduziu o deputado Hermano Morais (PV) à presidência, tendo Ubaldo Fernandes (PSDB) como vice-presidente.

Por iniciativa da deputada Cristiane Dantas (SDD), a ALRN vai realizar audiência pública, nesta quinta-feira (29), às 14h, para debater a criação de um Centro de Referência para doenças raras no RN.

A Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal realizou nesta quarta-feira (28) sua primeira reunião do ano com a aprovação de 32 projetos.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas