quarta-feira, 22 de maio, 2024
30.4 C
Natal
quarta-feira, 22 de maio, 2024

Notas e Comentários

[ [email protected] ]

Fake news de Lula e Janja
A Comissão de Inventário Anual da Presidência da República concluiu o levantamento do patrimônio do Palácio da Alvorada para o período de 2022 e constatou que nenhum móvel ou bem estava extraviado. Mas o presidente Lula e a primeira-dama Janja reclamaram das condições da residência oficial e apontaram que alguns móveis estavam faltando após a mudança de Jair Bolsonaro e sua esposa Michelle do local. Em janeiro de 2023, a ausência de objetos no Palácio da Alvorada foi citada como justificativa para a compra de R$ 196,7 mil em móveis de luxo para a residência oficial pelo governo Lula. Alexandre de Moraes vai incluir no inquérito das fake news também?

Jogo de cena

A inaptidão de Ricardo Lewandowski para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública vem sendo escancarada pelo próprio ex-ministro do STF. Ele antes era acostumado a decidir nos autos do processo tendo direito a ter 3 juízes auxiliares de fora do STF para o seu gabinete. Agora, na função política e executiva tem que se expor e defender o governo nas crises, que não são poucas. Vejamos o baile que Tatu e Martelo, dois foragidos do presídio de segurança máxima de Mossoró que há mais de 30 dias são procurados por mais de 600 agentes de segurança entre o RN e o CE. E, agora, Lewandowski fez o papel de porta-voz de Alexandre de Moraes ao anunciar a decisão do relator de homologar a delação premiada de Ronnie Lessa no caso Marielle. Papel que não lhe cabia. Mas a ânsia em lustrar a atabalhoada gestão Lewandowski como ministro o forçou a anunciar a “boa nova”: “Esta colaboração premiada, traz elementos importantíssimos que nos levam a crer que em breve teremos a solução do assassinato da vereadora Marielle Franco”, afirmou o ministro da Justiça. O que lhe dará o título de elucidador do Caso Marielle Franco.

Deu ruim

A reunião ministerial da segunda-feira (18) escancarou que segurança pública (nas mãos de Lewandowski) e saúde (nas mãos de Nísia Trindade) são o calcanhar de Aquiles do governo Lula. O presidente está perdendo a guerra com o bolsonarismo nessas pautas e sua aposta, agora, é ensaiar o discurso para todos os ministros defenderem o governo em meio à queda de popularidade. Lula deu uma bronca na ministra Nísia Trindade (Saúde) pela situação dos hospitais federais no Rio; pediu a Ricardo Lewandowski (Justiça) para explicar a fuga inédita na penitenciária federal de Mossoró (RN); e jogou para Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação) a responsabilidade de ganhar na narrativa.

Missão

Há uma máxima do mercado publicitário que não há marketing capaz de vender produto ruim. Lula cobra dos ministros mais empenho na divulgação das ações do governo e afirma que o que foi feito até agora não foi suficiente. O que Lula pede ao ministros não é missão fácil de realizar. Nas palavras do próprio Lula: “Falta muito para fazer”.

Mossoró

O prefeito Allyson Bezerra (União Brasil) e o senador Rogério Marinho (PL) têm eventos partidários agendados em Mossoró para o mesmo final de semana, marcando o início das atividades visando as eleições municipais de 2024. Allyson programou um grande ato de filiação do União Brasil para o dia 22 de março (sexta-feira). No sábado (23) o senador Rogério Marinho participa do 2º Módulo da Jornada Mulheres que Lideram. Um ciclo de capacitação para pré-candidatas e lideranças do partido.

Abuso

Vice-líder da maioria na Câmara dos Deputados e vice-líder do governo Lula no Congresso Nacional, namorado de Gleisi Hoffmann (PT-PR), o deputado Lindbergh Farias (PT-RJ) usou suas redes sociais para comemorar m que o ministro Flávio Dino foi sorteado no STF o relator de recurso contra Jair Bolsonaro (PL-RJ) contra uma multa imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o condenou a pagar R$ 70 mil por impulsionamento irregular na Internet. E insinuou que Dino irá condenar o ex-presidente. Usou, inclusive, uma expressão usada por Bolsonaro nas redes sociais: “grande dia”, em caixa alta, que no mundo virtual é sinal de grito.

Creche A doula (assistente de parto) Karolina Soares representa uma das mais de 1.200 famílias que ficou de fora do sorteio de vagas de creche em Natal. Mãe de 7 filhos, e por ser autônoma, esperava poder ter uma instituição para acolher o seu filho enquanto trabalhava. A falta de vagas nas creches do município e as histórias de muitas Karolinas serão contadas na quinta-feira (21), às 9h, no Plenário da Câmara Municipal de Natal, em uma audiência pública realizada pela Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente, coordenada pela vereadora Júlia Arruda.

Pontilhão O deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da ALRN, solicitou a recuperação emergencial do pontilhão entre os bairros Dinarte Mariz e Luiz Gonzaga, na saída de Acari para Cruzeta. O pontilhão encontra-se em estado precário e ameaçando de desabar.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas