sexta-feira, 24 de maio, 2024
28.4 C
Natal
sexta-feira, 24 de maio, 2024

O Asa de Sião

[Instagram @alexmedeiros1959]

A foto abaixo é do avião presidencial israelense, o Asa de Sião, também chamado por setores da mídia mundial de “dia do juízo final”. Foi nele que decolou o primeiro ministro Benjamin Netanyahu no sábado após os ataques do Irã. É uma aeronave com função comercial e que foi reestruturado e reforçado para operar como centro de comando móvel durante um conflito.

O “Zion Wing”, como diz a imprensa norte-americana, é um Boeing 767-338ER, adquirido em 2016, depois de ter sido usado em voos comerciais com as empresas Qantas e Australian Airlines. Foi reconfigurado e renovado para cumprir as funções de aeronave estatal e centro de comando móvel. Tem tecnologia de navegação e comunicação de última geração, fuselagem reforçada, longa autonomia de voo, decolagem rápida e salas de reuniões.
O apelidado “dia do juízo final” e por suas diferentes modificações e funções que lhe permitem funcionar como um centro de comando governamental e militar nos casos de um ataque estrangeiro, como este recente feito pelo Irã.
O avião reúne todas as instalações e instrumentos para servir de sede do governo no ar e permitir uma eficiente evacuação do primeiro-ministro Netanyahu ou do presidente Isaac Herzog se Israel for atacado ou invadido.
No sábado, dia 13, após os ataques interceptados pelo Domo de Ferro, um site especializado em rastreamento de voos, registrou a decolagem do “Asa de Sião”, às 19h07, da base aérea de Nevatim para uma rota desconhecida.
Logo surgiram boatos de que o avião estaria levando Netanyahu ou Herzog para local seguro. Mas as suspeitas foram negadas quando o gabinete do ministro publicou imagem dele reunido com o gabinete militar em Tel Aviv.
O ataque do Irã na madrugada do sábado disparou todos os alarmes devido às tensões bélicas no Médio Oriente. O governo ainda estuda possível retaliação contra o regime iraniano e reforça as medidas de segurança já em vigor.
Não foi rápido o início de operação da aeronave, que só teve o voo inaugural mais de ano depois de adquirido. O atraso se deveu aos momentos políticos internos que envolveu Israel e seus partidos em diversas disputas de poder.
Na então conjuntura, o avião entrou na pauta dos debates e embates de Netanyahu com seus opositores. Os governistas diziam ser medida necessária de segurança e a oposição chamava de desperdício de dinheiro do erário.
Depois de muito disse-me-disse e muitos milhões de euros investidos, o “Força Aérea Um de Israel” (na mídia israelense comparam-no ao avião presidencial dos EUA) concluiu em 2019, após três anos, os seus testes e planos de voo.
Em maio de 2022, o então primeiro ministro Naftali Bennett e seu Ministério da Defesa anunciaram o recolhimento do avião na base aérea de Nevatim. Mas logo Netanyahu voltou ao poder e botou em atividade o “dia do juízo final”. O Irã que se cuide.

Puxadinho O colunista político do UOL, Josias de Souza, tem inteligência suficiente para perceber, mesmo com algum atraso, a estranha relação do STF com o governo Lula. Tenho que concordar quando ele diz que a Corte parece bancada do PT.

Feliz A frase galhofeira do ministro Alexandre de Moraes “antes das redes sociais nós éramos felizes”, já o transformou no garoto-propaganda da velha mídia. Na GloboNews houve sessão com a bancada relembrando os anos e fatos felizes.

Absurdo As revelações feitas por parlamentares dos EUA dos inquéritos de Alexandre de Moraes censurando perfis de redes sociais, mostram a gravidade do caso em que o ministro tratou como “sigiloso” o que era clandestino. Mais que ilegal.

Regulação Durante seus argumentos em favor de regular novas tecnologias da comunicação, Xandão disse que na virada do século não existiam redes sociais. Ora, na chegada do século XX não havia transistor e nem TV ao vivo.

Proteção Surpreendente, estranha e incompreensível a decisão do ministro do STF, Nunes Marques, de retirar a tornozeleira eletrônica do chefão carioca Rogério Andrade, o rei da contravenção e investigado em vários casos de assassinato.

Propaganda As prefeituras correm contra o tempo para garantir a divulgação dos atos e obras antes que chegue agosto – o prazo limite para publicidade em ano eleitoral. Nas cidades em que o prefeito tenta reeleição, a coisa está dobrada.

Gripe A Organização Mundial de Saúde lançou alerta para a crescente propagação da cepa H5N1 da gripe aviária atingindo novas espécies, incluindo os humanos. Há uma taxa de mortalidade extraordinariamente alta, diz a OMS.

Educação Um livro está causando chilique em esquerdistas. Escrito pelo PHD em educação Corey A. DeAngelis, “The Parent Revolution” fala sobre a revolução de pais que estão resgatando seus filhos da influência de professores radicais.

Games A aprovação do marco legal dos games, no último dia 9, na Câmara dos Deputados, permite agora que o setor tenha acesso a incentivos fiscais e possa participar de projetos financiados dentro dos incentivos da Lei Rouanet.

Pizza Pela primeira vez em 31 anos, a famosa copa do mundo da pizza napolitana, que ocorre anualmente na cidade de Parma (Itália) teve um sul-americano no pódio, o argentino Ezequiel Ortigoza, da Pizzaria Furore, foi o vice-campeão.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas