terça-feira, 18 de junho, 2024
27.1 C
Natal
terça-feira, 18 de junho, 2024

O local do milagre de Corpus Christi

[ [email protected] ]

Hoje, 30, o dia da festa de Corpus Christi.
Permita-me o leitor recordar a visita que fiz, em companhia de familiares, a Catedral da cidade de Orvieto, na Itália, a 100 km de Roma. Não sabia (e poucos talvez saibam até hoje), que lá é um dos principais pontos de veneração e devoção do Cristianismo e o local de origem da festa de Corpus Christi. A sugestão foi do amigo Padre João Medeiros,honra da Igreja potiguar, Cônego da Basílica Vaticana e membro efetivo da venerável instituição que é o Cabido de São Pedro, fundado no ano 1053, pelo Papa Leão IX.
Sobre um platô a 300 metros de altitude, está Orvieto, com um pouco mais de 20 mil habitantes. Cidade fascinante na Úmbria, cercada por uma paisagem de campos e vinhedos, onde se ergue um planalto vulcânico com vista para o rio Tibre. Vizinha a cidade de Bolsena, com belíssimo lago.
A homenagem a Corpus Christi surgiu no séc. XIII, na diocese de Liège, na Bélgica, por iniciativa da freira Juliana de Mont Cornillon, (†1258) que recebia visões nas quais o próprio Jesus lhe pedia uma festa litúrgica anual em honra da Sagrada Eucaristia.
Em 1263, o Padre Peter de Praga empreendeu uma viagem desde sua região (a Bohemia) até Roma. Ele era um sacerdote piedoso, mas desejava revigorar sua fé em Roma e pedir ao Papa alguns esclarecimentos e expor-lhe dúvidas que tinha a respeito da mudança da substância do pão e do vinho em Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Chegando à cidade de Bolsena, o sacerdote celebrou a Missa na Igreja de Santa Cristina e pela última vez duvidou da presença real de Jesus na Santíssima Eucaristia Cristo (permanecendo, contudo, sob a aparência de pão e de vinho).
No momento da consagração do pão e do vinho, logo após a elevação do cálice, o preciosíssimo Sangue começou a borbulhar, transbordou, e gotas derramaram-se sobre o corporal (tecido de linho branco que fica debaixo do Cálice), tingindo-o de sangue.
Assustado com aquele inexplicável acontecimento, o Padre Peter de Praga primeiro procurou esconder o sagrado corporal, pois julgava que isso ocorrera em castigo por suas dúvidas. Mas o sangue transpôs o linho e quatro gotas caíram sobre os degraus do altar, deixando impressos sinais evidentes de sangue.
Quanto ao mármore sobre o qual pingaram gotas do preciosíssimo Sangue, conserva-se até hoje na Igreja de Santa Cristina de Bolsena.
Não podendo ocultar o milagre, Padre Peter de Praga foi à procura do Papa Urbano IV — que se encontrava em Orvieto, para se confessar e narrar o acontecido. Assim, o Papa mandou trazer à sua presença aquele corporal e ordenou uma apuração meticulosa do milagre.
A belíssima Catderal de Ovieto era chamada de “Lírio das Catedrais” e foi construída 1290 para a guarda e veneração do Sagrado Corporal.
Em 1317, o Papa João XXII publicou na Constituição Clementina o dever de se levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas. A partir da oficialização, a Festa de Corpus Christi passou a ser celebrada todos os anos na primeira quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade.
Hoje,no no dia de Corpus Christi, as ruas de Orvietto ficaram repletas de visitantes e peregrinos, que participam das grandes procissões eucarísticas, as adorações solenes, a Bênção com o Santíssimo no ostensório por entre cânticos.
Aleluia!

HOJE NA HISTÓRIA
O Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado no dia 31 de maio, foi instituído em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), para combater o vício responsável por mais 8 milhões de mortes por ano no mundo, dentre essas, 200 mil só no Brasil, com a média de 400 por dia.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas