segunda-feira, 17 de junho, 2024
23.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Ponta Negra vai começar o seu regime de engorda

Cassiano Arruda Câmara

Depois de quatro anos, a praia de Ponta Negra vai se submeter efetivamente a um regime de engorda, que além de protegê-la da sua desestabilização pelo avanço do mar, vai ampliar a área para os banhistas, num projeto que já venceu duas etapas de proteção ambiental.


Para realizar a engorda da praia foram realizados a estabilização da linha da costa, do Morro do Careca ao Hotel Sher’S, requalificação do sistema de drenagem e identificação das jazidas, a 4,2 km de distância, terminando a preparação para se iniciar a etapa final (a engorda propriamente dita), que deve ficar pronta até dezembro.


Falta somente o projeto executivo ser aprovado pelo Idema que já aprovou o projeto global. Essa parte final contará com duas dragas holandeses (foto) e inúmeras máquinas, encarregadas de fazer a compactação do terreno. Vale lembrar que se trata de um projeto ambiental de defesa do patrimônio natural de uma área de importância turística.

Está chegando a hora do limão para o RN exportar

Depois de cinco anos de trabalho, liderado pelo próprio Secretário da Agricultura, Guilherme Saldanha, o RN se prepara para fazer o primeiro embarque de limão produzido no seu território. Ainda em fase embrionária, em apenas seiscentos hectares, o produto do RN vai se apresentar ao mercado, e também aos investidores que estão acompanhando de perto a viabilidade desta cultura que tem tudo para se ombrear às culturas de melão e melancia no mercado internacional.


O Distrito Irrigado do Baixo-Açu, município do Alto do Rodrigues, é o maior projeto de irrigação do Rio Grande do Norte e agora explora um novo nicho de mercado: a produção dos citros. Com aproximadamente 200 hectares de produção de limão, o distrito entra em um novo mercado frente à dificuldade de produção de São Paulo, maior produtor brasileiro da fruta.


De acordo com o presidente do distrito, Michel Cosme, a expectativa é atrair empresários do setor para o Estado potiguar na intenção de fazer negócios em uma produção que ainda é embrionária, mas que tem potencial de crescimento.

Demissão de Prates foi perda para todo o RN

O cargo de presidente da Petrobras, que era ocupado por Jean Paul Prates, depois de exercer parte do mandato de senador da República, terminou sendo uma perda para todo Rio Grande do Norte, que assistiu silente o seu calvário, sem ouvir – ao menos – uma única voz do seu partido – o PT – nem por nenhum correligionário, em sua defesa, antes da demissão consumada. Prates chegou lá numa escolha pessoal do presidente Lula, em reconhecimento ao trabalho que ele havia desenvolvido no Senado Federal, liderando a bancada num momento de fragilidade do próprio Lula e do partido como um todo.


No Governo, uma oposição interna, liderada pelo ministro Alexandre Silveira (PSD) e pelo chefe da Casa Civil, Rui Costa, que não foram contraditados em nenhum momento, terminou inviabilizando a sua presença no comando da maior empresa brasileira.

De Nova Cruz à Letônia procurando novos aviões

Na companhia do filho, Diógenes Neto, o professor Diógenes da Cunha Lima foi bater em Riga, na Letônia, convidado pela fábrica de aviões Belmont, para estudarem a instalação de um fábrica de pequenas aeronaves (de dois lugares) no Brasil. Foi apresentada a possibilidade de Natal receber o investimento, porém, a atual legislação brasileira cria enormes barreiras que precisam ser superadas. – Mas, vontade não falta.

RN ultrapassado na corrida por novo curso de Medicina

O Rio Grande do Norte, que tem dois projetos que atendem às exigências do MEC para abrir novos cursos de Medicina, ficou fora de um grupo de 15 faculdades, de várias regiões do País (oferta de 1,7 mil vagas), que foram à Justiça para realizar o Vestibular específico.


Os projetos locais são do UNI-RN e UNI-Facex, já apresentados ao MEC, atendendo às exigências para funcionamento, e não buscaram o caminho da Justiça.

Força dos ventos para domar Hidrogênio Verde

O potencial da energia eólica offshore e as tecnologias “power-to-X 2024”são os temas principais do 2º workshop internacional “Brazil Offshore Wind & Power-to-DX 2024”, evento programado para o Hotel Holiday Inn Natal, dias 10 e 11 de junho, para discutir estratégias de desenvolvimento científico, tecnológico e industrial para a produção de hidrogênio verde.


Durante a ação, serão realizadas atividades como palestras e painéis sobre o tema. As seis áreas abordadas, que buscam impulsionar debates sobre a sustentabilidade no Brasil, contarão com a participação de especialistas para abordar sobre industrialização verde, ações e planos de desenvolvimento, infraestrutura para eólica offshore e produtos Power-to-X. As vertentes da ação são organizadas em conjunto com Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, em colaboração com especialistas da Europa.


O evento aponta que a energia eólica offshore entra como uma vertente de energia renovável para limitar o aquecimento global em 1,5°C. O Brasil se destaca nessa transição energética por possuir potencial eólico offshore de aproximadamente 700 GW em até 50 metros de profundidade. O Rio Grande do Norte, escolhido para sediar o evento, é líder nacional na alternativa e possui potencial de mais de 55 GW em águas rasas e próximas à costa.

Governo do RN cria Advogado Voluntário

O governo do Estado está lançando o Programa “Advogado Voluntário”, que visa incentivar o exercício da advocacia “pro bono” em favor de instituições sem fins econômicos e os seus assistidos, sempre que os beneficiários não dispuserem de recursos para a contratação de profissionais no âmbito da defesa e proteção das crianças e adolescentes, dos idosos e das mulheres vítimas de violência.


Os serviços referidos serão desempenhados pelos profissionais com carga horária e, nas escolas especificamente em horários extracurriculares, a critério da autoridade responsável pela instituição beneficiada. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte deverá disponibilizar, em suas páginas institucionais, link específico que possibilite a adesão ao PAV por parte dos profissionais que exercem a advocacia e das instituições referidas.

Prefeitura libera recursos para renovar rua Coronel Cascudo

A Prefeitura liberou recursos, da ordem de R$ 1.143.109,25, para a requalificação viária da rua Coronel Cascudo, na Cidade Alta, dentro do projeto de renovação do centro da cidade, serviço contratado com a empresa Azevedo & Coelho Ltda. A obra deverá estar concluída até o mês de novembro.

Servidores da Assembleia têm recomposição salarial

Uma boa notícia para os servidores da Assembleia Legislativa: Eles tiveram um capilé de 4,5% como “recomposição salarial”, correspondente ao período de março de 2023 a março de 2024. O reajuste será implantado a partir de 1º de março de 2024.

Contrato vai derrubar o estádio “Machadão”

Publicado no Diário Oficial do município contrato com a empresa 2M Engenharia & Urbanismo, para regularizar a derrubada do estádio Machadão e ginásio Machadinho, que foram derrubados de fato há mais de 10 anos, dando lugar a Arena das Dunas, um dos palcos da Copa do Mundo de 2014.


A Arena das Dunas é tido como um dos estádios brasileiros de melhor aproveitamento, depois de construído e operado numa Parceria Público – Privada.

Mi-mi-mi

A governadora Fátima Bezerra é a aniversariante do domingo.


Nosso RN tem o maior percentual de gastos com funcionalismo e juros: 77,7%.


A Assembleia rejeitou a criação da Secretaria de Cultura, invocando a Lei de Responsabilidade Fiscal.


Entre as vítimas da tragédia gaúcha faltou incluir as abelhas. O estado vai perder a condição de maior produtor de mel do Brasil.


Natalenses programando ida a Portugal para a inauguração da filial da cidade do Porto da Garrafeira Nacional, dia 31.


Instituída, a Semana Municipal de Gastronomia das Comunidades, a realizar-se no mês de junho, na programação dos Festejos Juninos.


Para 55% dos brasileiros Lula não merece ser reeleito, dizem as pesquisas.


Verba do Governo do Estado para projetos culturais este ano: R$ 26 milhões.


Nessa terça-feira, a UFRN promove o 1ºSimpósio sobre formação de Pós-graduação em Gestão da Qualidade do Serviço de Saúde.


Reconhecida de Utilidade Pública a Associação de Pequenos Produtores de Santa Luzia, município de Parazinho.


Faz 57 anos, hoje, que a Escola Agrícola de Jundiai foi incorporada pela UFRN.


Hoje é o Dia Nacional de Doação de Leite Humano.


Dia 2 terminam as inscrições para as 268 vagas residuais em vários cursos da UFRN.


Definidos os integrantes do Conplan, com 17 organismos tendo representantes no colegiado.


A Filarmônica Monsenhor Honório e Banda de Música de Macau foram considerados Patrimonio Cultural Imaterial do RN.


Dia 6, na sede da OAB, Ivan Maciel autografa seu último livro: “Monólogos on-line”.


O Brasil vai receber a Copa do Mundo de Futebol Feminino. Mas, Natal está fora das subsedes do certame.
Comemora-se, hoje, o Dia do Físico.


Abertas inscrições para Internet das Coisas no Instituto Metrópole Digital, até 2 de junho.


Karina Ribeiro, professora da Escola de Jundiaí, integrou e participou de um encontro mundial em Kuala Lumpur, Malásia.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas