sexta-feira, 19 de abril, 2024
26.1 C
Natal
sexta-feira, 19 de abril, 2024

Stellantis aumenta a produção de módulos de propulsão elétrica

- Publicidade -

A Stellantis está aumentando a sua presença na manufatura de motores eletrificados com a produção de EDM em Tremery-Metz, França, Kokomo, em Indiana nos EUA e Szentgotthard, na Hungria; juntamente com transmissões eletrificadas de dupla embreagem (eDCTs) no Complexo Mirafiori, Itália. Inclusão da fábrica de Szentgotthard na Hungria, com um investimento de €103 milhões, apoia a transformação contínua das instalações de manufatura da empresa para alcançar os principais objetivos de eletrificação do plano estratégico Dare Forward 2030.


O investimento de 103 milhões de euros em Szentgotthard, incluindo incentivos e contribuições do governo húngaro, é o exemplo mais recente do compromisso da Stellantis em transformar as instalações existentes para o seu futuro eletrificado. A empresa aproveitou as unidades de Tremery-Metz, na França, e Kokomo, em Indiana, EUA, para produção de EDMs. Além disso, o complexo Mirafiori na Itália está aumentando a produção de transmissões eletrificadas de dupla embreagem (eDCTs) de nova geração em 2024 para veículos híbridos e híbridos plug-in da Stellantis.

Stellantis planeja carros elétricos que durem mais que seus proprietários. Na foto: (e) Peugeot 208 e (d) Fiat 500 – Foto: Divulgação


“Levar a produção de módulos de propulsão elétrica para Szentgotthard para reforçar a nossa transformação rumo à eletrificação é outra parte importante do nosso objetivo de fornecer aos clientes uma mobilidade limpa, segura e acessível”, disse Arnaud Deboeuf, Chief Manufacturing Officer da Stellantis. “As pessoas nesta fábrica devem se orgulhar de que o seu trabalho será parte integrante do nosso futuro eletrificado e um elemento central para fornecer veículos eletrificados líderes de mercado e focados no cliente das nossas icônicas marcas.”


“Este investimento significa que a Hungria terá um papel mais forte na colaboração com a indústria automotiva na sua transição para a eletrificação”, afirmou o Ministro Péter Szijjártó. “Agora, a propulsão tradicional será fabricada juntamente com a produção de módulos de propulsão elétrica. Com este investimento, estamos protegendo empregos e garantindo o futuro da unidade de Szentgotthárd.”


Os EDMs produzidos em Szentgotthard serão usados em veículos fabricados em uma futura plataforma STLA focada em BEV. A produção de EDMs será realizada em áreas existentes na fábrica. Novos trabalhos relacionados à produção de propulsores elétricos na fábrica incluirão a usinagem de determinados componentes fundamentais, a montagem final e os testes de EDMs 3 em 1 que combinam motor elétrico, conjunto de redutores e inversor em uma unidade.


A fábrica de Szentgotthard produz atualmente motores de combustão interna turboalimentados de três cilindros de 1,2 litro e quatro cilindros de 1,6 litro usados em vários veículos da marca Stellantis. Os colaboradores da Stellantis passarão por treinamento de qualificação para atender aos requisitos de usinagem e montagem da produção de EDM.


A Stellantis está investindo mais de 50 bilhões de euros em eletrificação durante a próxima década para cumprir as metas do Dare Forward 2030 de atingir um mix de vendas de 100% de veículos elétricos à bateria para automóveis de passageiros (BEV) na Europa e 50% de BEV para mix de vendas de automóveis de passageiros e caminhões leves nos Estados Unidos até 2030. Para atingir essas metas de vendas, a empresa está garantindo aproximadamente 400 GWh de capacidade em baterias, inclusive o suporte de seis fábricas de baterias na América do Norte e Europa.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas