segunda-feira, 17 de junho, 2024
23.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Trabalho bem feito

[email protected]

Encontrei um amigo, torcedor do América, mas daqueles que não conseguem enxergar as coisas como elas deve ser observadas de verdade. Eu elogiei o trabalho bem feito pelo Alvirrubro na criação de um clima positivo para o clube, na captação de sócios-torcedores e na promoção do jogo contra o Corinthians, pela Copa do Brasil, no próximo dia 1/5, na Arena das Dunas. Ele me ouviu e depois disse: “Tudo isso porque estamos ganhando”.

Esse é um pensamento simplista que precisa ser combatido. É óbvio que vencer cria o clima favorável, mas não basta isso. É necessário muito trabalho de bastidores, de marketing e de profissionais competentes para, por exemplo, superar a arca de 20 mil associados quando a nossa realidade, há muito tempo, limitava-se a média de 50% desse número.
Esquecer do “exercício de pertencimento” executado pela equipe de marketing, por exemplo, quando convidou o torcedor americano a escolher o modelo de seu uniforme, é não estar atento aos modelos atuais de como fazer a torcida se sentir parte do clube e de suas decisões. Não é uma mera brincadeira de internet. É trabalho planejado e bem executado. A mesma fórmula está repetida na escolha do modelo do ônibus da equipe.
A transformação e profissionalização do mascote americano e muitas outras ações também apontam para um caminho correto escolhido pela SAF americana na divulgação do seu produto que é o América. Parabéns pelo bom trabalho.

Feminino

O União enfrenta R4-CE no próximo domingo (28) às 15h no Frasqueirão, em Natal, pelo jogo de volta da primeira fase do Campeonato Brasileiro Série A3. O jogo de ida no Ceará ficou empatado em 1 a 1. Quem vencer o segundo duelo avança para a segunda fase do torneio. Os ingressos estão em pré-venda no perfil @seu_uniao no Instagram. O União é o Campeão Potiguar de Futebol Feminino e representa o Rio Grande do Norte na competição.

Arbitragem

Enquanto a arbitragem brasileira leva pancada de todos os lados aqui no País, fora do Brasil, as nossas árbitras estão prestigiadas. A arbitragem feminina brasileira vai escrever mais uma capítulo no futebol continental. Nesta quinta (25), às 20h, quatro mulheres vão atuar na partida entre Always Ready, da Bolívia, e Universidad César Vallejo, do Peru, no Estádio Municipal de El Alto, na Bolívia, pela CONMEBOL Sul-Americana. A árbitra central será Edina Alves (FIFA-SP). Neuza Ines Back (FIFA-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA-SP) serão as assistentes. A última brasileira a integrar a equipe é Daiane Muniz (FIFA-SP) como árbitra de vídeo (convocada pela CPI da Manipulação de resultados). O quarteto já é conhecido mundialmente. Em janeiro deste ano, esta equipe de arbitragem conduziu o amistoso entre Al-Hilal e Inter de Miami.

Copa do Nordeste

Ninguém aqui no Rio Grande do Norte fala mais nela, mas a Copa do Nordeste segue. A Diretoria de Competições da CBF divulgou, a tabela detalhada das semifinais da Copa do Nordeste. No dia 26 de maio, o Sport enfrenta o Fortaleza na Arena Pernambuco, em Recife, as 18h. No mesmo dia e horário, o Bahia encara o CRB na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Olimpíadas

O campeão olímpico e diretor-geral do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Rogério Sampaio, será o Chefe de Missão da delegação nacional nos Jogos Olímpicos Paris 2024. Ele terá a responsabilidade de liderar o contingente de aproximadamente 300 atletas que o COB levará à capital francesa. Rogério Sampaio vem de um histórico bem-sucedido como Chefe de Missão. Ele foi o comandante da campanha histórica realizada pelo Time Brasil nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023 – foram 205 medalhas obtidas no Chile, um acréscimo superior a 30 em relação ao recorde anterior, que vinha da edição Lima 2019.

Soluções

O técnico do ABC, Marcelo Cabo precisa achar soluções para a defesa, meio de campo e ataque, até o próximo sábado, quando o Alvinegro recebe o Náutico na Arena das Dunas. Na defesa, Wesley Santos não passa confiança e o desnível em relação a Richardson é evidente. No meio de campo, Adryan não foi bem e o time, mesmo desarrumado taticamente, foi melhor sem ele do que com ele. Vale salientar que, em meio a desarrumação tática no que diz respeito ao fato de não ter um meio de campo, se organizou na marcação na saída de bola do time da Ferroviária. Por fim, Cabo precisa encontrar um “matador”. O time abecedista não tem um fazedor de gols e isso complica para qualquer equipe.

Corinthians

O Corinthians não é mais o mesmo, vive momento de crise, mas não podemos esquecer que possui um investimento extremamente superior ao América e que, isso facilita muito na hora de resolver problemas. Não dá para garantir que o clube paulista que virá a Natal vai chegar assim tão abalado que facilite a vida para o clube potiguar. O Alvirrubro precisa focar no seu próprio jogo, esquecer a crise alheia e entrar em campo acreditando que pode vencer. Organização, intensidade e não perder chances de gol. Esse são alguns dos segredos para cerca de 30 mil torcedores deixarem a Arena das Dunas sorrindo no feriado de 1 de maio.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas