sábado, 2 de março, 2024
33.1 C
Natal
sábado, 2 de março, 2024

Média da ocupação hoteleira no RN deve chegar a 80% no fim de ano

- Publicidade -

A chegada de fim de ano e o início da alta estação tem gerado altas expectativas no trade turístico do Rio Grande do Norte. Para a virada de ano no Estado, a média de ocupação hoteleira deve ficar na casa dos 80%, segundo previsão da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis (ABIH-RN). Segundo interlocutores do turismo potiguar, o preço das passagens aéreas segue sendo uma dificuldade de atração turística ao Estado.


“A expectativa para o Reveillon é boa, achamos que vamos ter uma média de ocupação acima de 80%. O que significa dizer que dezenas de hotéis estarão com 100% de ocupação. Alguns 90%, outros com 80%, 85%. Quando você soma tudo e divide, vai dar no mínimo 80%. É uma média muito alta de ocupação”, aponta o presidente da entidade, Abdon Gosson. Segundo Abdon, o litoral potiguar dispõe de 35 a 38 mil leitos nos destinos de Natal, Pipa, São Miguel do Gostoso e Galinhos.


“O mercado não está super aquecido, mas o mercado está respondendo bem. Então temos essa média de 80%. E por qual razão não se chega aos 100? Porque o maior calo do turismo no RN é o preço as passagens aéreas. Milhares de turistas deixarão de vir ao Rio Grande do Norte não porque não querem, mas porque o preço das passagens aéreas inviabiliza uma família de quatro ou cinco pessoas de vir a Natal e é mais barato ir à Pernambuco, Paraíba, Ceará. ”, acrescenta.


O presidente do Sindicato dos Bares, Hotéis, Restaurantes e Similares do RN (SBHRS-RN), Habib Chalita, corrobora a dificuldade relativa ao preço das passagens aéreas, mas aponta que a expectativa do setor está otimista para 2023.


“A expectativa sempre é boa, mesmo com fator adverso dos preços das passagens. Natal é uma das cidades que as pessoas mais buscam no fim do ano. Acreditamos que poderemos ter um aumento na procura já nos próximos dias”, disse.


O vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens no RN (Abav-RN), Luís Leite, diz que as agências já estão fechando pacotes para o fim do ano e também está otimista com a ocupação no Estado.


“Nessa Black Friday que se passou tivemos uma repercussão fant[ástica, com uma procura grande tanto na parte de hoteis e pacotes junto a operadoras. Os hotéis estão otimistas, com muitas reservas concluídas. Nas próximas semanas, que antecedem Natal e Reveillon, deveremos ter um fechamento de quase 100%”, aponta.

Natal entre destinos mais procurados
Um levantamento feito pela agência online de turismo ViajaNet, que apurou o volume de pacotes (passagens e hotéis) para viagens entre os dias 23 de dezembro e 01 de janeiro de 2024, mostrou que Natal é um dos principais destinos buscados por turistas. Destinos litorâneos dentro do Brasil dominam o topo da lista para comemorar o Réveillon.


A cidade de Natal ficou ao lado de Porto de Galinhas (PE) entre os destinos mais procurados por quem deseja viajar para aproveitar o Réveillon de 2024. Ao todo, os dois destinos foram responsáveis por 16% das vendas dos pacotes turísticos da agência. A pesquisa foi feita a partir da contagem do volume de pacotes, que incluem passagem e hospedagem, comercializados para a data que fica entre os dias 23 de dezembro de 2023 e1º de janeiro de 2024.


Segundo o ranking do Viaja Net, outros destinos mais buscados foram Nova York (Estados Unidos), Gramado, Rio de Janeiro, Punta Cana (México), Riviera Maya (México), Buenos Aires (Argentina), Ilhéus e Foz do Iguaçu.


“Estamos entre os mais procurados, mas não é o destino mais vendido. Eu preferia ser o menos procurado e o mais vendido. Sempre Natal aparece nessas pesquisas porque é um destino muito desejado. Repito: o preço das passagens aéreas inviabiliza o crescimento do turismo no Rio Grande do Norte”, comenta o presidente da ABIH-RN.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas