segunda-feira, 15 de abril, 2024
26.1 C
Natal
segunda-feira, 15 de abril, 2024

Preços dos ovos de Páscoa estão de 10% a 30% mais caros

- Publicidade -

A chegada de uma das datas mais movimentadas do varejo alimentício, a Páscoa, será acompanhada pela elevação nos preços dos ovos de chocolate. O cacau, matéria prima do produto, teve aumento entre 10 e 30% no valor do custo, segundo a Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (Assurn). De acordo com o presidente da entidade, Gilvan Mikelyson, esse aumento tem variação de acordo com o tipo do chocolate. O empresário explica que o impacto será maior nos produtos licenciados, que utilizam as imagens de brinquedos e necessitam pagar royalties às empresas detentoras dos direitos de imagem.


“Dependendo de qual tipo de chocolate, se ele é mais puro, se ele é mais hidrogenado, o aumento no custo do produto, isso ligado ao cacau, pode ir de 10% até 30%. Principalmente, os produtos que têm um apelo infantil, os bonecos, personagens, são os que mais sofrem aumento. Você tem que repassar esses direitos de imagem, que são personalizados. Aqueles mais simples, que não tem esse apelo infantil, sofrem menos aumento”, detalhou.

Apesar do aumento nos preços, a previsão é de crescimento no volume de vendas dos ovos de páscoa em comparação ao ano passado neste mesmo período. Segundo Gilvan, a perspectiva do varejo é de um aumento de 5% a 10%. No varejo, a data é considerada a terceira maior, em termos de vendas, atrás somente do Natal e do Dia das Mães, a Páscoa será celebrada no dia 31 de março.

“A aposta foi alta. Todo mundo está bem abastecido de chocolate. Não só do chocolate. Como eu disse, a aposta na páscoa, ela sempre é muito forte, porque é a terceira data do ano pra gente. E a perspectiva de vender 5% ou 10% maior”, contou.

Segundo o empresário, a variação se deu em decorrência de diversos fatores, entre os quais, as condições climáticas adversas proporcionadas pelos acontecimentos da La Niña e El Niño, que prejudicaram a produção em todo o mundo. Além disso, contribuíram negativamente no cultivo do cacau os ventos do deserto do Saara, conhecidos como Harmattan, gerando danos na florada do cacau em algumas regiões.

Em visita a um supermercado no bairro de Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal, a reportagem da Tribuna do Norte encontrou ovos de páscoa com valores na variação de R$ 40 a R$ 60. Apesar da proximidade da data, o interesse dos consumidores ainda é baixo, que perceberam o aumento nos produtos. Carlos Eduardo, foi um dos que observou o aumento nos preços deste ano, segundo ele, houve uma elevação de 20% do valor.

Diante deste cenário, uma das alternativas de Carlos para seguir a tradição, é comprar uma quantidade menor para distribuir entre familiares e amigos. “A gente vai para um supermercado, faz uma pesquisa, mas os preços parece que são tabelados. Quando chega nesse período de Páscoa, o preço fica elevado. Um aumento relativamente em torno de uns 20%. Bem expressivo o valor”, relatou.

Simone França também percebeu o aumento nos ovos de chocolate, e conta que, neste contexto, estipula que gastará mais de R$ 30 em comparação ao ano passado, para presentear os seus netos. “Eu tenho quatro netos, aí são quatro ovos. Então se eu gastei, por exemplo, R$ 120 no ano passado, esse ano vai ser mais de R$ 150. Vai ser caro”, explica a professora.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas