quarta-feira, 22 de maio, 2024
30.4 C
Natal
quarta-feira, 22 de maio, 2024

RN abriu 10,7 mil novos pequenos negócios no 1º trimestre de 2024

O volume de novas empresas abertas no Rio Grande do Norte teve um incremento significativo nos três primeiros meses de 2024. Levantamento elaborado pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, com base em dados da Receita Federal, detectou a criação de 10.696 pequenos negócios no estado no primeiro trimestre do ano. Apesar de positivo, o número é levemente menor que o registrado no mesmo período do ano passado, apenas 151 empresas a menos. Com o adicional de formalizações, o RN contabiliza 238.903 micro e pequenas empresas, sendo 201.179 delas optantes pelo Simples Nacional, regime tributário diferenciado para o segmento dos pequenos negócios.


De acordo com a análise do Sebrae-RN, foram formalizadas, entre janeiro e março deste ano, 434 empreendimentos na categoria de empresa de pequeno porte (EPP), porte empresarial que engloba negócios que faturam mais de R$ 360 mil e até R$ 4,8 milhões por ano, o que representa um aumento de 13% em relação a período equivalente de 2023. Os novos registros de microempresas (ME) também cresceram – 4,7% – no primeiro trimestre, O número saiu de 2.072, em 2023, para 2.170 negócios abertos neste ano. As Microempresas são aquelas cujo faturamento anual não ultrapassa R$ 360 mil.

Em termos absolutos, o maior volume de empresas registradas no estado nos três meses foi na categoria de Microempreendedor Individual (MEI), que concentra 75,6% das empresas formalizadas no RN entre janeiro e março. Foram 8.092 negócios criados nessa figura jurídica, porém, o montante representa um recuo 3,5% comparando-se com igual intervalo do ano anterior – 299 MEIs a menos.

As formalizações do trimestre elevaram para 201.179 o total de empresas do Simples no Rio Grande do Norte. Os microempreendedores são maioria com 139,8 mil negócios, seguidos Seguidos das microempresas com 53,2 mil empreendimentos e 8,1 mil empresas de pequeno porte.

Segundo o levantamento do Sebrae, as principais atividades econômicas entre as empresas abertas nos três primeiros meses de 2024 foram as do Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (524), Promoção de vendas (517), Atividades de ensino (467), Cabeleireiros, manicure e pedicure (407), Preparação de documentos e serviços especializados de apoio (333), Restaurantes e similares (264), Lanchonetes (245), Atividades auxiliares dos transportes terrestres (238), Obras de alvenaria (234) e Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial (222).

Essas atividades estão bem no centro da atuação do Programa Sebrae na Sua Empresa, cujas ações podem contribuir para que esses novos negócios se consolidem no mercado e se desenvolvam.. Com orientação e suporte técnico oferecidos pelo Sebrae, é possível driblar as adversidades, sobretudo na gestão, já que a área de finanças é uma das mais frágeis para qualquer empresa iniciante. A deficiência na gestão financeira está entre os principais problemas diagnosticados pelos agentes de orientação do programa, além da atualização nas temáticas marketing digital e vendas.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas