segunda-feira, 17 de junho, 2024
28.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

RN é quarto estado do Nordeste com maior geração de empregos em abril, aponta Caged

Com 20.233 admissões e 17.542 desligamentos, o Rio Grande do Norte registrou um saldo positivo de 2.691 empregos com carteira assinada durante o mês de abril e ocupa a quarta posição entre os estados do Nordeste. Os dados são da Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) que apontou, a nível nacional, 240 mil empregos criados.

O território potiguar ficou atrás do Ceará (com 5.678 vagas geradas), Maranhão (com 2.978 empregos criados) e Bahia (com 10.649 vagas geradas). O RN está a frente, dentro do recorte, do estado do Piauí (2.072 empregos), Sergipe (1.510 empregos) e Paraíba (com 739 vagas). Pernambuco (-1.103) e Alagoas (-1.607) tiveram saldos negativos e estão nas últimas posições de ranqueamento.

Ainda conforme os dados do Caged, a criação de vagas no Rio Grande do Norte foi impulsionada por meio de vagas geradas em quatro setores: Indústria, Construção, Comércio e Serviços. Na Indústria, o território potiguar registrou 2.445 admissões e 1914 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 531 oportunidades. A Construção teve um saldo de 681, considerando 3.331 admissões e 2.650 desligamentos. Em Serviços, foram 9.072 admissões e 6.657 desligamentos. A diferença entre os números mostra um saldo positivo de 2.415.

No Comércio, os dados apontam uma elevação pequena, já que foram geradas 4922 admissões e, no setor, ocorreram 4901 desligamentos, produzindo um saldo positivo de 21 empregos. A Agropecuária demonstrou o pior desempenho, tendo registrado 463 admissões contra 1417 desligamentos. O saldo foi negativo, com perdas de 954 vagas. O Caged ainda registrou três desligamentos em um setor não identificado.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas