terça-feira, 23 de abril, 2024
27.1 C
Natal
terça-feira, 23 de abril, 2024

RN volta a ter gasolina mais cara do Nordeste

- Publicidade -

O Rio Grande do Norte tem o preço médio de R$ 5,92 para o litro da gasolina comum. O valor é o mais alto entre os nove estados do Nordeste e o 4º mais caro em todo o país, ficando atrás somente de estados do Norte do Brasil. Os dados são os mais recentes publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Pela pesquisa, o Rio Grande do Norte fica bem próximo ao valor cobrado, em média, pela gasolina comum, que é de R$ 5,91. Na vizinha Paraíba, a média é de R$ 5,50, enquanto o preço de Pernambuco fica em R$ 5,29. Sergipe e Piauí têm os preços mais baixos do Brasil, com médias de R$ 5,23 e R$ 5,26, respectivamente.

Entre os valores mais altos, o Acre lidera, com preço médio por litro de R$ 6,75, seguido por Amazonas (R$ 6,48) e Rondônia (R$ 6,43).

No levantamento realizado entre as capitais, a menor média do país é em São Luís (MA), com R$ 5,00, seguido por Recife (PE), com R$ 5,12, e Aracaju (SE), com R$ 5,21. No Nordeste, somente Fortaleza (R$ 5,97) tem preço mais alto do que Natal, que apresentou média de R$ 5,96 por litro de gasolina comum.

No Brasil, o maior valor entre as capitais está em Rio Branco (AC), com R$ 6,62, seguido por Porto Velho (RO), com R$ 6,48, e Manaus (AM), que teve preço médio de R$ 6,45.

Mudanças

No início de dezembro, Natal figurava com o 3º menor preço médio de revenda da gasolina comum entre as capitais do País. Porém, já no dia 5 de dezembro, os valores voltaram a disparar nos postos.

A pesquisa semanal realizada pela ANP no período de 26 de novembro ao dia 2 deste mês, apontou que a capital potiguar apresentou o 3º menor preço médio de revenda da gasolina comum com o valor de R$ 5,28 por litro.

A mudança nos valores ocorreu sem que a Petrobras anunciasse qualquer aumento desde outubro passado. Conforme divulgado no último dia 1º, a companhia vende a R$ 2,71 o litro da gasolina na refinaria de Fortaleza/CE e a R$ 2,70 em Cabedelo/PB. Enquanto isso, no Rio Grande do Norte, a refinaria Clara Camarão, da 3R Petroleum, promoveu uma variação nos preços durante novembro, que começou com valores iguais aos da Petrobras, chegou a diminuir para R$ 2,69 e na última semana do mês reajustou para R$ 2,79.

O presidente do Sindicato do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipostos/RN), Maxsuel Flor, explicou que a entidade não controla e nem acompanha questões de precificação. Ele diz que os revendedores continuam se dividindo entre os que compram em outros estados e os que abastecem seus estoques pela refinaria Clara Camarão, que se estiver com os preços mais competitivos não dá conta de atender toda a demanda.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas