sábado, 2 de março, 2024
30.1 C
Natal
sábado, 2 de março, 2024

Salas do Empreendedor de 29 cidades do RN ganham Selo Ouro de Atendimento

- Publicidade -

No Rio Grande do Norte, 29 municípios contam com uma estrutura de excelência para o atendimento aos empreendedores. Essas cidades conquistaram o troféu na categoria Ouro do Selo Sebrae de Referência em Atendimento, criado para reconhecer a qualidade dos atendimentos e serviços prestados pelas Salas do Empreendedor. Ao todo, 41 salas potiguares foram contempladas com o título, incluindo as das categorias Prata (4) e Bronze (8). A solenidade de entrega ocorreu nesta quarta-feira (6), durante o 3º Encontro Estadual de Agentes de Desenvolvimento, realizado no hotel Holiday Inn, em Natal.


O Selo Sebrae de Referência em Atendimento é uma metodologia de avaliação para reconhecer, em nome do Sebrae, a qualidade dos atendimentos e serviços prestados pelas Salas do Empreendedor e parceiros da rede de atendimento aos empreendedores locais. Dividido nas categorias Bronze, Prata e Ouro, o selo avalia critérios qualitativos e quantitativos para gerar pontuações com objetivo de atribuir categorias de qualidade às salas do empreendedor. Esses critérios refletem as necessidades mapeadas nas mais variadas jornadas dos clientes atendidos nesses locais. Confira a relação completa das ganhadoras no fim do texto.


De acordo com o gestor gestor estadual do Selo de Referência, Thales Rodrigues, a ideia desta edição do encontro é repassar conhecimento, troca de experiências e reunir os agentes de várias regiões do Rio Grande do Norte para avaliar as ações desenvolvidas nesses locais, assim como fazer o reconhecimento das salas que obtiveram o melhor desempenho no atendimento aos empreendedores potiguares, com a entrega do Selo Sebrae de Referência em Atendimento.


A programação contou com diversas atividades e palestras, entre elas a da gestora nacional do Selo Sebrae de Referência em Atendimento das Salas do Empreendedor, Ellys Alves. “Essa avaliação iniciou o seu primeiro ciclo ano passado e agora estamos vivendo o segundo ciclo em 2023. Estamos colhendo bons frutos. Não só no Rio Grande do Norte, mas também em todo o país. A partir disso, a gente cria uma cultura de evidenciar, reconhecer e valorizar aquilo que é feito por esses atendentes, que geram aprendizado e conhecimento para os municípios”, justifica a gestora.


Os diretores do Sebrae-RN José Ferreira de Melo Neto (Superintendente), João Hélio Cavalcanti (Técnico) e Marcelo Toscano (de Operações) prestigiaram o encontro e a solenidade de entrega do selo. Durante o evento, João Hélio Cavalcanti destacou o papel dos Agentes de Desenvolvimento (AD) como elo entre os empreendedores dos municípios e o Sebrae.


Para João Hélio, a união entre prefeituras, Sebrae e os Agentes de Desenvolvimento, que no estado já somam 280 ADs, é estratégica, já que esses profissionais estão na ponta da rede de atendimento e conhecem bem a realidade de cada localidade, o que torna as ações mais assertivas.


“Trata-se de uma parceria em troca do desenvolvimento do nosso estado e dos pequenos negócios, fazendo com que aqueles empreendedores que estão em cada município tenham todo o apoio necessário para o desenvolvimento de suas atividades”.


O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) e prefeito do município de Lagoa Nova, Luciano Santos, também participou do encontro e destacou a relevância do projeto Município Mais Empreendedor para o fortalecimento dos municípios. A parceria entre o Sebrae e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte busca implantar de forma padronizada Salas do Empreendedor em todos os 167 municípios potiguares, das quais 160 já foram instaladas e estão em funcionamento devido à iniciativa.


“Essa parceria do Sebrae com a assembleia legislativa está dando esse exemplo de aglutinação de pessoas para dar apoio e orientação aos que são idealizadores das atividades econômicas no nosso Rio Grande do Norte”, pontua o presidente da FEMURN.


Sobre o projeto, a gestora da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae-RN, Cátia Lopes, ressaltou a evolução que o projeto proporcionou para a rede de atendimento e a validação da qualidade do atendimento feito e reconhecido pelo Selo. “É mais do que justo que a gente faça esse reconhecimento. Antes do projeto, tínhamos apenas 12 salas no Estado e, hoje, já estamos com 160 salas padronizadas, equipadas e em pleno funcionamento, com 280 pessoas nomeadas como ADs. Esses espaços são a porta de entrada do empreendedor no município”.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas