quinta-feira, 18 de abril, 2024
26.1 C
Natal
quinta-feira, 18 de abril, 2024

Começo ruim de temporada deixa brasileiros fora do Top 10 do Circuito Mundial de Surfe

- Publicidade -

Hegemônico nas últimas cinco temporadas do Circuito Mundial de Surfe, o Brasil sequer aparece na lista dos dez melhores surfistas ranqueados neste início de temporada. Ítalo Ferreira, campeão mundial em 2019, é o competidor nacional mais bem colocado. Ele aparece na 13ª posição.

O americano John John Florence comanda o topo da lista com 12 545 pontos, seguido de Jack Robinson, da Austrália, e o havaiano Barron Mamiya, ambos com a pontuação de 11.330.

Atrás dos dez melhores, Italo Ferreira contabiliza 6.075 e surge empatado com Seth Moniz, Imaikalani Devault e Leonardo Fioravanti. Logo abaixo, mas dois brasileiros integram o ranking Yago Dora e Miguel Pupo, com 4.650 pontos.

Entre as mulheres, a australiana Molly Picklum aparece em primeiro com 17.800. Caitlin Simmers vem logo depois com 14.745 e Bettylou Johnson surge em terceiro com 13.885.

A próxima etapa do Circuito Mundial está marcada para a Europa. Entre os dias 6 e 16 de março, a competição vai ser disputada em Peniche, Portugal, com previsão de boas ondas.

Na abertura da temporada, em Pipeline, Barron Mamiya superou John John Florence e, numa bela performance, ficou com o título da etapa. No feminino, Caitlin Simmers ficou com o primeiro lugar.

Em Sunset Beach, pela segunda etapa, o panorama não se alterou e o brasileiros voltaram a decepcionar. Apenas Ítalo Ferreira chegou no último dia de competição com chance de título, mas caiu nas quartas para Jack Robinson, que ficou com o troféu. No feminino Molly Piclkum foi a vencedora.

Estadão Conteúdo

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas