quinta-feira, 23 de maio, 2024
25.4 C
Natal
quinta-feira, 23 de maio, 2024

Corinthians tem melhor retrospecto em duelo contra América

O América ampliou a fase invicta, com a recente conquista do título estadual, mas a definição do Corinthians, como adversário do clube potiguar, faz acender um sinal de risco de quebra na fase sem derrotas. De acordo com o pesquisador Marcos Trindade, já foram realizados 10 confrontos oficiais entre os dois clubes, com vantagem ampla dos paulistas, que venceram sete, empataram dois e perderam apenas uma vez para os potiguares.


Mas a fase vivida pelo grupo americano é animadora. Com a vitória contra o Santa Cruz de Natal e a conquista invicta do Campeonato Potiguar – o 38º de sua história – o América ampliou a sequência de invencibilidade na temporada. Agora, já são 15 jogos, ou dois meses, sem que o Alvirrubro saiba o que é perder. O último tropeço aconteceu no dia 15/02, na derrota para o Bahia pela Copa do Nordeste – as outras duas derrotas da equipe comandada pelo treinador Marquinhos Santos, na temporada, também foram pelo torneio regional. De lá para cá, são 9 vitórias e 6 empates, 24 gols marcados e 8 sofridos.

As vitórias apontadas como as mais marcantes, foram contra o ABC (no terceiro clássico disputado no ano e após 2 empates nos anteriores), diante do São Luiz-RS, que garantiu a classificação do Alvirrubro para a terceira fase da Copa do Brasil e a final contra o Santa Cruz, que deu o título invicto do Campeonato Potiguar – com essa conquista, o América carimbou vagas na fase de grupos da Copa do Nordeste, na Copa do Brasil e na Série D 2025.

Ao longo do ano, os América tem os seguintes números: 13 vitórias, 8 empates, 3 derrotas, 41 gols marcados e 17 gols sofridos nos 24 jogos disputados até aqui por três competições diferentes: Campeonato Potiguar, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Mas o histórico de confronto contra o Corinthians, mostra que a equipe de Marquinhos Santos terá de se superar se desejar avançar mais uma fase na Copa do Brasil. A Série iniciada em 1975 foi interrompida em 2008, quando o time natalense bateu os corintianos pela Série B por 2 a 0 e garantiram a permanência na divisão de clubes emergentes. Os gols foram marcados por Souza e Aloísio.

Os embates oficiais foram iniciados em 29 de outubro de 1975, quando o Corinthians fez 4×1 América, com gols de Vaguinho, Cláudio, César e Russo. Zeca marcou para o América, no jogo válido pelo Brasileirão.

Em 16 de novembro de 1977, ocorreu o primeiro empate em Natal, por 0 a 0, também pela competição nacional da época. 15 anos depois os clubes voltaram a se encontra em 14 de julho de 1992 – Corinthians 3×0 América, com gols de Neto (2) e Giba, pela Copa do Brasil. No jogo da volta, em 25 de agosto de 1992, os corintianos repetiram o placar, em Natal. Os gols foram de Nílson, Giba e Neto. O duelo foi pela Copa do Brasil.

Após cinco anos, 04 de outubro de 1997, um novo encontro e mais um empate: América 1×1 Corinthians, gols de Gito para o América; e Renaldo para o Corinthians, jogo válido pela Série A. O outro encontro pelo Brasileirão ocorreu em 12 de novembro de 1998, Corinthians 2×1 América. Os gols foram de Rincón (2) para o Corinthians e Zezinho para o América. Série A.

Nove anos mais tarde, em novo confronto pela Série A, dia 10 de junho de 2007, o América recebeu o Corinthians e perdeu novamente por 1×2. Os gols foram de Leandro Sena para o América; Marcelo Oliveira e Finazzi para o Corinthians. Série A. O jogo da volta ocorreu em 05 de setembro de 2007, os paulistas venceram por 1×0, com gol de Finazzi.

Por último vieram os encontros pela Série B. No dia 16 de agosto de 2008, o Corinthians fez 2×0 no América com gols de Douglas e Ânderson Bill (contra). Na sequência ocorreu a única vitória potiguar nos confrontos, em 29 de novembro de 2008 – América 2×0.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas