quinta-feira, 23 de maio, 2024
27.4 C
Natal
quinta-feira, 23 de maio, 2024

Natal vive clima de decisão

Natal já vive o clima para a partida decisiva da última rodada do grupo D, entre Itália e Uruguai, marcada para terça-feira, às 13h, na Arena das Dunas. Se, antes do início do Mundial, o jogo já era visto como um dos mais importantes da Copa do Mundo, por envolver duas seleções que já foram campeãs do mundo, agora, depois da derrota italiana para a Costa Rica e a vitória uruguaia diante da Inglaterra, o encontro tomou contornos dramáticos, típicos das óperas italianas e dos tangos uruguaios. Isto porque, apenas uma das duas seleções vai avançar para a próxima fase da competição.
Os uruguaios que já estão em Natal, se mostram desconfiados com a seleção do seu país, mas, torcem pela classificação celeste
Um empate basta para a Itália se classificar, enquanto a celeste olímpica precisa vencer para não ser eliminada ainda na primeira fase.

#SAIBAMAIS#E, todo o nervosismo da partida está refletido nos semblantes dos torcedores italianos e uruguaios que já estão em Natal para acompanhar, de perto, o jogo decisivo.

Como é o caso dos italianos Marco Bionda, de 26 anos e Daniel Bacolla, de 51 anos. Ambos moram em Natal, mas não deixam de acompanhar a seleção do país em que nasceram e a derrota para a Costa Rica deixou um gosto amargo, ainda mais depois da boa estreia na Copa, quando a Azzurra derrotou a Inglaterra. “Não gostei nada da Itália na partida contra a Costa Rica. Não jogamos nada e merecemos a derrota. Mas, estou confiante na seleção, mesmo sabendo que o Uruguai está jogando um grande futebol, principalmente na vitória sobre a Inglaterra”, afirmou Bionda.

Mais cauteloso, Daniel acredita que a Itália tem que melhorar, e muito, seu futebol, para conseguir derrotar o Uruguai. “Se jogarmos do mesmo jeito que atuamos diante da Costa Rica, tenho certeza de que nossa seleção vai ser eliminada. Temos que ter mais disposição em campo, correr mais. Só assim para conseguir a classificação”, disse Daniel.

Os dois também concordam que a principal estrela da seleção italiana, o atacante Mário Balotelli, ainda está devendo na Copa do Mundo. E, pessimistas, criticam o jogador. “Por mim, Balotelli não estaria na seleção da Itália e sim na de Gana”, revelou Bionda. Daniel tem uma visão semelhante do atacante italiano. “Ele não tem estrela, não é esse craque que todos pensam que ele é. Joga por sim mesmo e não se preocupa com os companheiros. Nem todos os italianos acham Balotelli um grande jogador, muito menos comparável com Messi ou Cristiano Ronaldo, como alguns dizem”, afirma, para, em seguida, eleger o melhor jogador da esquadra italiana.

“O Pirlo é um maestro, um artista. Ele não pinta com as mãos e sim com os pés. Ele é o nosso referencial dentro de campo e contamos com ele para conseguir vencer a difícil seleção do Uruguai”, prevê.

Se os italianos estão receosos com a classificação da seleção para a próxima fase, o mesmo pode se dizer dos uruguaios. Como foi possível comprovar com um grupo de cinco torcedores que estava na Fan Fest, acompanhado o jogo da Itália, na última sexta-feira. Eles, que acompanharam todos os jogos do Uruguai, na derrota para a Costa Rica, no Ceará e na vitória sobre a Inglaterra, em São Paulo, sabem que a Itália é um adversário difícil de ser batido, em se tratando de jogos decisivos de Copa do Mundo.

“Seria bem melhor que a Itália tivesse vencido a Costa Rica, porque já chegaria para enfrentar o Uruguai classificada. Mas, as coisas para a nossa seleção e nosso país são assim, sempre com sofrimento, com muita luta e dessa vez não vai ser diferente”, disse Fabrício Pedrin.

O amigo de Pedrin, Fernando Duro, se mostra confiante no Uruguai, se a seleção repetir, contra a Itália, o mesmo espírito na vitória sobre a Inglaterra, principalmente o astro do time, o atacante Suárez. “Temos chances de nos classificar, se a celeste jogar como jogou contra a Inglaterra”, disse.

Mas, todos foram unânimes em afirma que o Uruguai leva vantagem em um quesito: o clima. Foi notório a queda de rendimento da Itália, no jogo contra a Costa Rica, por causa do horário da partida: 13h. No jogo de Natal, o início da disputa está marcado para às 13h.

Em alta

Pirlo
Meio-campo da Itália vem sendo um dos únicos jogadores poupados pela torcida depois da derrota para a Costa Rica.

Em baixa

Diego Lugano
zagueiro do Uruguai, ficou de fora da partida contra a Inglaterra, por lesão e corre o risco de não enfrentar a Itália, na Arena das Dunas.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas