sexta-feira, 24 de maio, 2024
28.4 C
Natal
sexta-feira, 24 de maio, 2024

Protesto da torcida põe o ABC na mira do tribunal

Quando a situação de um clube de futebol não vai bem dentro das quatro linhas, caso do ABC, o protesto dos torcedores e outros fatores externos podem piorar ainda mais a situação do clube. O árbitro paulista, Thiago Luis Scarascati, do jogo entre ABC 0 x 2 Londrina relatou na súmula da partida o arremesso de objetos ao campo, no momento da saída dos atletas alvinegros do gramado. Agora o clube potiguar corre o risco de pagar multa ou jogar com os portões fechados para o público.


No relatório do árbitro foi indicado que “ao término da partida, quando os jogadores e comissão técnica do ABC FC se dirigiam ao túnel de acesso do seu próprio vestiário, foram arremessados copos e garrafas plásticas com líquidos desconhecidos na direção dos mesmos. Os objetos arremessados vieram do local onde se encontrava a torcida do ABC FC e não foi possível verificar se os objetos atingiram membros e/ou jogadores da equipe do ABC FC”.


O Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) aponta no artigo 213, que a pena prevista para o lançamento de objetos no campo de disputa é o pagamento de multa que varia entre R$ 100 e R$ 100 mil.

Relaxamento
Porém, o inciso terceiro do mesmo artigo diz que ‘a comprovação da identificação e detenção dos autores da desordem, invasão ou lançamento de objetos, com apresentação à autoridade policial competente e registro de boletim de ocorrência contemporâneo ao evento, exime a entidade de responsabilidade, sendo também admissíveis outros meios de prova suficientes para demonstrar a inexistência de responsabilidade’.


Havendo caso de reincidência, a pena pode ser maior e provocar até o fechamento do estádio Frasqueirão para presença de público.


Essa, no entanto, não é a maior preocupação do treinador Roberto Fonseca, que vem de duas derrotas consecutivas, a equipe entrou na zona de rebaixamento e, ele ainda está encontrando dificuldades para definir a equipe considerada ideal.


A parte boa do início de preparação é que Fonseca recebeu essa semana alguns atletas que estavam entregues aos cuidados médicos. Casos do lateral-direita Felipe Albuquerque, já em trabalho de transição, bem como dos volantes Wellington Reis e Walfrido, que vão intensificar os treinos para ficarem em condições de compor o grupo que encara o Ferroviário-CE, domingo, às 19h, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas