quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024
25.1 C
Natal
quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024

Planejamento estratégico inicia cronograma para Relatório de Gestão

- Publicidade -

O grupo de Trabalho para elaboração do Relatório de Gestão da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte já deu início ao seu cronograma de atividades para 2024. Desde o dia 24 de janeiro, os servidores que representam as unidades da Casa cadastradas no sistema LegisPAD já estão dedicados a elaboração do relatório de gestão das suas respectivas unidades. A expectativa é que este documento seja finalizado até 1º de março.


O pontapé inicial dessas atividades ocorreu durante reunião na Assembleia, quando o Grupo de Trabalho levou orientações sobre como padronizar a linguagem, o conteúdo e a apresentação dos relatórios de gestão a serem elaborados pelas unidades. O encontro contou com representantes de todos os setores da Casa (diretorias, coordenadorias, divisões, núcleos, gabinetes, assessorias, assistências, chefias, Procuradoria, Ouvidoria, Controladoria, Escola, conselhos e comissões).


O coordenador do Grupo de Trabalho, Leonardo Araújo, informou que “a orientação realizada tem como objetivo padronizar a linguagem, o conteúdo e a apresentação dos relatórios de gestão elaborados pelas unidades, com a finalidade de maximizar a quantidade e a qualidade das informações recebidas, as quais irão ser tratadas para comporem o Relatório de Gestão 2023 da ALRN”. “Na elaboração do relatório é importante mostrarmos a efetividade das ações, projetos e programas realizados”, completou.

Desde o dia 24 de janeiro, os servidores que representam as unidades da ALRN cadastradas no sistema LegisPAD estão dedicados à elaboração do relatório de gestão das suas unidades. Expectativa é que este documento seja finalizado até 1º de março – Foto: Acervo ALRN


Na reunião que deu início ao cronograma de atividades, o diretor da Escola da Assembleia, professor José Bezerra Marinho, destacou a importância do trabalho daquele grupo. “Estamos iniciando os preparativos de um novo ciclo, devendo pensar nos que estiveram aqui, nos que estão e naqueles que estarão, para darmos nossa contribuição com este Parlamento, que por sua vez, enfrenta todos os desafios da modernidade para cada vez melhor servir à sociedade”, disse.


Após o recebimento dos relatórios de gestão das unidades administrativas, os membros do GT irão analisá-los e tratá-los de modo que as informações estejam presentes na composição do Relatório de Gestão 2023 da ALRN. A partir de março, com esta primeira etapa concluída, será dado início efetivamente a produção do documento, que se prolongará até abril, quando será aberto um prazo de revisão. A inserção de balanço e correção do Relatório de Gestão será feita entre 11 e 31 de maio. Nos meses seguintes, ocorrerá a impressão, entrega e apresentação do documento finalizado.


O Relatório de Gestão da ALRN foi elaborado pela primeira vez em 2020 (relativo ao ano de 2019), nos anos seguintes – 2021, 2022 e 2023 – ocorreu a continuidade do desenvolvimento da publicação e foram concebidos mais três relatórios. A execução da prática resultou no amadurecimento do Relatório de Gestão da Casa Legislativa.


De acordo com o Grupo de Trabalho – Instituído pela Portaria 108/2023, publicada em dezembro passado -, o documento possui entre suas premissas a atenção a normativos e documentos externos e internos; a exposição de Programas, Projetos e Ações realizados; efetividade das atividades; representatividade; criticidade; e atenção ao público-alvo.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas