quinta-feira, 23 de maio, 2024
24.4 C
Natal
quinta-feira, 23 de maio, 2024

Irã afirma que não planeja retaliar Israel após ataque com drones

Após explosões serem identificadas perto de uma cidade iraniana, o Teerã afirmou que não planeja uma retaliação e minimizou o incidente. O posicionamento da capital do Irã, que acontece pelo fato de fontes terem relatado que a ocorrência teria sido um ataque israelense, visa impedir a expansão de conflitos na região. O Ministério das Relações Exteriores do Irã confirmou que os mini-drones envolvidos no incidente foram lançados por Israel, mas advertiu que eles não causaram danos/mortes.

A imprensa e as autoridades iranianas apontaram que as explosões foram resultados dos seus sistemas de defesa aérea que derrubaram três drones sobre Isfahan, região central do país. Ou seja, evitaram envolver Israel no incidente. O país isarelense não comentou sobre o caso.

Conforme apontam informações apuradas pela Reuters, a resposta do Irã coloca em evidência os esforços diplomáticos para evitar uma guerra maior. O Ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amirabdollahian, também teve cautela ao comentar sobre a ocorrência aos enviados de países muçulmanos a Nova York.

O Secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, foi questionado sobre o assunto durante coletiva de imprensa na Itália, mas afirmou que não comentaria. Ele reforçou, contudo, que embora os EUA esteja comprometido com a segurança de Israel, não vai participar de quaisquer ofensivas. A Casa Branca, que vinha se posicionando sobre o conflito no Oriente Médio, também afirmou que não tinha comentários sobre a ocorrência.

Com informações da Agência Brasil

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas