segunda-feira, 17 de junho, 2024
23.1 C
Natal
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Advogada é assassinada e OAB cobra apuração

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB-RN) cobrou rigor nas investigações para apurar a morte da advogada Brenda dos Santos Oliveira, de 26 anos, assassinada ao lado de um cliente após prestarem depoimento na Delegacia de Polícia Civil em Santo Antônio, a 76 km de Natal. O caso aconteceu nesta terça-feira (30). Ninguém foi preso.


“A OAB-RN, a OAB Nacional e a advocacia não sossegarão enquanto não houver a necessária punição aos culpados por tal gesto. Não podemos aceitar que a violência tome conta do nosso dia a dia. Nossa sociedade precisa reagir e a advocacia é absolutamente interessada que isso aconteça. Estamos dando toda assistência aos familiares, faremos homenagens póstumas que são necessárias em momentos trágicos como esse. A advogada Brenda merece toda nossa admiração e respeito, pela forma com que, embora muito jovem, exercia seu dia a dia como advogada defendendo direitos”, disse o presidente da OAB-RN, Aldo Medeiros.


Segundo informações preliminares, a advogada Brenda e o seu cliente, que prestava depoimento suspeito de ter matado o vaqueiro Vitor Costa, 19 anos, no último domingo, foram surpreendidos por um grupo em frente à delegacia do município. Eles estavam em um veículo branco e chegaram a colidir com um ônibus. Os suspeitos fugiram após o crime. O cliente não teve o nome confirmado pelas autoridades, sendo apenas conhecido como “Gordinho das Batatas”.


O vaqueiro João Victor Bento da Costa, 19 anos, morreu no último domingo (28) na vaquejada em Santo Antônio. O rapaz era batedor de esteira, função muito comum durante atividade.


O jovem tinha 19 anos e foi morto a tiros por volta das 5h, no Parque Maria Salete. Segundo a Polícia Civil, duas pessoas, em uma moto, se aproximaram e mataram o rapaz.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas