sexta-feira, 24 de maio, 2024
28.4 C
Natal
sexta-feira, 24 de maio, 2024

Câmara debaterá sobre Natal na rota do turismo da 2ª Guerra Mundial

O Rio Grande do Norte teve papel crucial na 2ª Guerra Mundial e, mesmo com museus em Parnamirim e Natal contando a história desse marco, o poder público e o trade potiguar pouco exploram esse potencial na principal atividade econômica do estado, que é o turismo. É com esse mote que a Câmara Municipal de Natal, através dos vereadores Dickson Júnior e Felipe Alves, realizará uma Audiência Pública, na próxima quarta-feira (15), com o tema “Natal na rota do turismo da 2ª Guerra Mundial”, no Complexo Cultural da Rampa, na Ribeira, em Natal, a partir das 14h30.

“Natal nunca explorou como devia esse gigante potencial. Em 2019, o Sebrae fez um evento para apresentar o ‘Mapa Turístico da Segunda Guerra Mundial’ com participação de vários representantes públicos, e pensei que, a partir de então, teríamos esse produto mais vendido a visitantes, mas autoridades ainda não atentarem para o que pode significar economicamente para nosso povo”, critica.

O vereador, que é autor da Lei Municipal nº 6.524/15, que oficializou a Conferência do Potengi no calendário de Natal, lamenta. “O encontro entre o Presidente Getúlio Vargas e o Presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, às margens do Rio Potengi, para definir a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial, é importante não só para Natal, mas para todo o Brasil, uma vez que a partir daí foi criada a Força Expedicionária Brasileira (FEB) e quando surgiu a aviação de cargas e passageiros do País”, frisa.

O vereador Felipe Alves, por sua vez, reforça que não há concretamente divulgação neste sentido, mesmo havendo uma parcela expressiva de viajantes que prioriza o turismo histórico-cultural nas suas opções de viagem e roteiros. “Falta visão. É preciso fazer com que os responsáveis pelo turismo do nosso estado enxerguem o potencial de riqueza desse tema. Em países da Europa, o setor europeu capta em torno de 20 bilhões de euros com o tema voltado para a aviação e Segunda Guerra Mundial”.

O edil enfatiza que não temos apenas sol, mar e belezas naturais. “Temos uma grande história que atrairia milhares de turistas ao redor do mundo ávidos por conhecerem as raízes do povo e dos locais que visitam. E é justamente para reforçar esse potencial que realizaremos esse debate com participação dos representantes do Complexo Cultural da Rampa e do Centro Cultural Trampolim da Vitória. Temos a melhor expectativa para esse debate necessário sobre o grande potencial não explorado”.

Conferência do Potengi

Recentemente, Dickson e Felipe têm buscado dar apoio a iniciativas como a encenação da Conferência do Potengi, com audiências com secretários municipais de Cultura, Turismo e Comunicação, além do presidente da Câmara, Eriko Jácome, quando esteve prefeito em exercício. O encontro dos presidentes brasileiro e norte-americano ocorreu em 28 de janeiro de 1943. Voltando da Conferência de Casablanca, que decidiu sobre o caminho a ser seguido pelos aliados, Roosevelt decidiu visitar as instalações militares na região de Natal, que contribuíam principalmente com o envio de aeronaves e suprimentos para os frontes na África e Ásia.

A cena é remontada pelos integrantes da Fundação Rampa, criada em 2001 para preservar as edificações da antiga base de hidroaviões remanescente do início da década de 40. Todo 28 de janeiro, um comboio de veículos antigos e viaturas militares percorrem as ruas da capital a partir da Rampa.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas