sexta-feira, 1 de março, 2024
26.1 C
Natal
sexta-feira, 1 de março, 2024

DER não tem prazo para concluir reparo na Ponte

- Publicidade -

Os motoristas que trafegam pela Ponte Newton Navarro seguem enfrentando problemas. Os buracos que se abriram na via, no acesso à zona Norte, após as fortes chuvas ocorridas na semana passada, continuam atrapalhando o tráfego e causando congestionamentos. Na terça-feira (28) foi feito um reparo emergencial para que a via fosse liberada, mas o local voltou a afundar e preocupa quem passa na região. De acordo com o Departamento de Estradas e Rodagens do Rio Grande do Norte (DER-RN), não há previsão para que o problema seja resolvido definitivamente.


Em nota, o DER informou que o rompimento ocorreu em virtude do grande volume de chuva. “Houve um processo de erosão na cabeceira da Ponte Newton Navarro, no trecho de acesso a partir do Viaduto da Redinha. Isso aconteceu em virtude de fuga de material na base do pavimento da pista”. O órgão público disse ainda à TRIBUNA DO NORTE que está “encaminhando os procedimentos necessários” para poder contratar a empresa que fará o serviço definitivo no local.


Na semana passada, após a via ceder e ficar intransitável, DER e Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN) fizeram um reparo emergencial. A intervenção contou com acompanhamento da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) e Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). “A diretora-geral do DER, Natécia Nunes, o secretário do Estado da Infraestrutura, Gustavo Coêlho, o diretor de Planejamento da STTU, Newton Filho, e o secretário adjunto da Semurb, Walter Pedro, estiveram no local, acompanhando de perto a elaboração da solução. Uma solução provisória foi providenciada ”, disse o DER.


Os natalenses que passam pela região enfrentam ainda outro problema na região, mais à frente, na Avenida João Medeiros Filho. Como mostrou a TN, na edição de ontem, uma “duna urbana” se formou em um trecho da via, também em decorrência das chuvas. O acúmulo de areia causa lentidão no trânsito, acidentes e muita reclamação dos motoristas que trafegam na área.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas