terça-feira, 18 de junho, 2024
25.1 C
Natal
terça-feira, 18 de junho, 2024

Grevistas invadem Instituto Metrópole Digital e impedem acesso de funcionários

O prédio do Instituto Metrópole Digital (IMD) foi invadido na manhã desta sexta-feira (24) por servidores técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que estão em greve há quase três meses.

Segundo informações, os grevistas entraram no prédio do IMD e trancaram o imóvel com cadeados e correntes para impedir o acesso dos funcionários para o expediente de hoje.

O coordenador de educacao da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra Sindica), Sandro Pimentel, confirmou a invasão do IMD e disse que o grupo de grevistas chegou às 5h.

Segundo ele, o governo federal “tem endurecido” com relação às negociações. “A partir de agora, nacionalmente, vamos endurecer, vamos radicalizar”, avisou. Pimentel disse que o grupo está “sem previsão de sair” do IMD. “Vamos nos reunir no final do dia para deliberar o que será feito, mas provalvemente não iremos sair daqui”, informou.

Em nota, a assessoria de imprensa da Reitoria da UFRN informou que foi solicitada a desocupação do prédio, em respeito ao direito constitucional de ir e vir. Confira a nota completa:

“O Instituto Metrópole Digital (IMD) foi ocupado, às 5h desta sexta-feira, 24, por estudantes e servidores grevistas, que bloquearam a entrada de pessoas à unidade acadêmica. Nesse sentido, seguindo com o diálogo permanente, representantes da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp) e da Diretoria de Segurança Patrimonial (DSP) se dirigiram ao local, ainda no início da manhã, para conversar com o movimento grevista e entender os motivos da ocupação. Considerando que se trata de um ato de greve da categoria em âmbito nacional, e respeitando o direito constitucional de ir e vir das pessoas em espaço público, foi solicitada a desocupação do local.”

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas