sábado, 25 de maio, 2024
29.4 C
Natal
sábado, 25 de maio, 2024

Mortalidade infantil será igual à de Cuba de 1980

De acordo com as projeções feitas pelo IBGE, o Rio Grande do Norte chegará a 2030 com uma taxa de mortalidade infantil de 14,2, ocupando a 20º posição no ranking nacional. Em relação a 1991, haverá uma queda de 80% nas mortes de crianças com menos de um ano de idade. Os números podem parecer representativos, mas a taxa prevista para 2030 é um pouco menor que a da Suécia de década de 1950 e igual à de Cuba na segunda metade dos anos 1980.

A média nordestina em 2030 será de 15,3. Um ranking feito com base nas projeções mostra que o RN terá a terceira menor taxa do Nordeste, atrás apenas do Piauí e do Ceará, estados que investiram nos últimos anos em ações preventivas de saúde, ampliando o atendimento pediátrico e dando mais atenção às gestantes. A taxa projetada para o Brasil é de 11,5.

A taxa de mortalidade materna máxima recomendada pela Organização Panamericana de Saúde (Opas) é de 20 casos a cada 100 mil partos. No Brasil (e no RN também), em 2010, esse número foi de 60, mas devido a subnotificações estaria próximo de 68  óbitos.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas