domingo, 16 de junho, 2024
23.1 C
Natal
domingo, 16 de junho, 2024

Protesto do dia 11 ocorrerá pela manhã

Os movimentos sociais, centrais sindicais, partidos de esquerda e o coletivo #RevoltaDoBusão prometem realizar, na próxima quinta-feira, dia 11, mais uma manifestação de grande proporção nas ruas de Natal. A data vai marcar o “Dia Nacional de Lutas com Greves e Mobilizações” e outros protestos serão realizados nas demais capitais do país. Em Natal, a concentração será a partir das 9h, nas proximidades do shopping Midway Mall.
Ontem, protesto fechou a João Medeiros Filho, na zona Norte
Segundo o dirigente estadual do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Dário Barbosa, o protesto da próxima quinta-feira é uma convocação de pelo menos cinco movimentos sindicais: Conlutas, CUT, CTB, Nova Central Sindical e Força Sindical. “Será um dia de paralisação nacional para averiguar a possibilidade de convocar uma greve geral. Os sindicatos vão se unir à juventude da #RevoltaDoBusão para realizar esse grande ato”, disse.

A estimativa dos organizadores é a de que o próximo movimento reúna a mesma quantidade de pessoas – mais de 15 mil, segundo a Polícia Militar – que participou do ato realizado no dia 20 de junho, quando foi comemorado o “Dia Nacional de Lutas Contra o Aumento das Passagens em Defesa dos Transportes Públicos e Pelo Passe Livre”. Na próxima sexta-feira, às 9h, haverá uma reunião, na sede da CUT, para tratar sobre o assunto. Uma das sugestões apresentadas pelos organizadores é o percurso da passeata. “Queremos sair da Salgado Filho em caminhada até à praia de Ponta Negra”, explicou Barbosa.

As reivindicações que impulsionam o movimento do dia 11 são basicamente as mesmas que levaram milhares de pessoas às ruas de várias cidades nas últimas semanas. A CUT entregou uma lista de propostas à presidenta Dilma Rousseff. Entre elas, está o fim do fator previdenciário, redução da jornada de trabalho, reforma agrária e melhoria no transporte público.

Reunião
Ontem à tarde, o coletivo #RevoltaDoBusão realizou mais um ato. Dessa vez, cerca de 200 manifestantes participaram de uma reunião realizada numa quadra próxima à escola municipal Iapisara Aguiar, no conjunto Santa Catarina, zona Norte de Natal. Alguns moradores falaram sobre os problemas que enfrentam ao utilizar o transporte público e o ato foi encerrado com uma caminhada na avenida João Medeiros Filho.

Para os participantes do movimento, o ato de ontem marcou o início de uma nova etapa de manifestações. “Acredito que agora já somos conhecidos. A população sabe que lutamos por melhorias no transporte público. Chegou a hora de ir aos bairros, realizar plenárias junto à população para conhecer as necessidades de todos”, explicou Altanir Morais, um dos membros do coletivo.

Após a plenária que durou mais de duas horas, os manifestantes, já em número reduzido, realizaram uma passeata na avenida João Medeiros Filho e encerraram a manifestação com um “roletaço” em uma das paradas da avenida. A próxima plenária do movimento será realizada sexta-feira, dia 5, às 16h, na Praça Vermelha, no Centro da cidade.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas