sábado, 25 de maio, 2024
29.4 C
Natal
sábado, 25 de maio, 2024

Veja linha do tempo sobre o Hospital Walfredo Gurgel

1973
O prédio no qual era sediado o Hospital Geral e Pronto-Socorro de Natal foi fundado em março de 1971. Entretanto, as atividades do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel foram iniciadas em 31 de março de 1973.

1984
Os acidentes de trânsito são os maiores responsáveis pela demanda atendida no Hospital Walfredo Gurgel, referência em urgência e emergência no Estado.

1991
Funcionários que prestavam serviços no hospital protestam contra o então governador José Agripino, que decretou uma demissão coletiva destes profissionais. A situação no Walfredo Gurgel, com a saída dos profissionais, era caótica.

1993
Dezoito hospitais privados do RN suspendem os atendimentos via convênio com o SUS e, sem saída, a população carente recorre ao Pronto-Socorro do Walfredo Gurgel, que fica superlotado. Médicos denunciam falta de infraestrutura na unidade médica.

1995
O já saturado Hospital Walfredo Gurgel sofre com a demanda superdimensionada. A cada dia, o número de pacientes atendidos aumentava e o complexo não passava por nenhuma obra de ampliação.

1996
O então governador Garibaldi Alves Filho extingue a Fundação Hospitalar Walfredo Gurgel, que administrava o hospital, e passa a responsabilidade para a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap).

1999
A primeira e única ampliação da área construída do complexo hospitalar é iniciada, com a construção de um pronto-socorro de urgência e emergência na área ocupada pelo estacionamento do hospital.

2001
Com investimentos da ordem de R$ 12 milhões, o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho é inaugurado, no dia 8 de fevereiro, pelo então ministro da Saúde, José Serra, e pelo então governador Garibaldi Alves Filho. Em junho, a unidade já estava superlotada. A “ambulancioterapia” era a principal causadora da superlotação.

2003
A Delegacia Geral de Polícia Civil do RN nomeou o delegado Lenivaldo Pimentel para apurar a morte de cinco pacientes que aguardavam uma vaga de UTI no Hospital Walfredo Gurgel.
#SAIBAMAIS#
2005
Com jornadas de até 75 horas semanais, os médicos de plantão no Hospital Walfredo Gurgel duelam diariamente com o alto nível de estresse e o sucateamento do Sistema Único de Saúde.

2006
Pacientes do SUS viveram drama nos leitos do Hospital Walfredo Gurgel. Demora no atendimento agravou estado de saúde de quem precisava de cirurgia.

2008
Mudanças no sistema de atendimento no Hospital Walfredo Gurgel deixou pacientes sem atendimento. O novo sistema de triagem não agradou a todos. A medida visou especificar o atendimento do HWG em urgência e emergência.

2010
Greve de clínicos gerais, que reivindicam aumento no valor da gratificação de produtividade, agrava atendimento no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Pacientes em macas se espalhavam por todos os corredores da unidade.

2013
Após decretar estado de emergência na Saúde Estadual, a governadora Rosalba Ciarlini recebeu o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e visitou, pela primeira vez como governadora, o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas