segunda-feira, 15 de abril, 2024
26.1 C
Natal
segunda-feira, 15 de abril, 2024

Zurich assume Aeroporto Internacional de Natal e anuncia primeiras melhorias

- Publicidade -

Após um processo que durou quase quatro anos desde a desistência da Inframerica em operar o Aeroporto Aluízio Alves, a nova operadora do terminal deu início às atividades no equipamento do Rio Grande do Norte. A Zurich Airport Brasil iniciou nesta segunda-feira (19) a operação no aeroporto, numa cerimônia que contou com a presença de representantes da empresa suíça, autoridades políticas e representantes do trade turístico potiguar. A Zurich anunciou ainda as primeiras medidas já implantadas no terminal.

Durante a madrugada, o primeiro voo com a nova operadora foi registrado nas redes sociais “Natal Airport”, perfil da Zurich para o Aeroporto Aluízio Alves. O voo que partiu de Presidente Prudente, em São Paulo, desembarcou em São Gonçalo do Amarante por volta de 00h30 e foi recepcionado de forma acalorada com música, souvenirs e animação para os tripulantes.

O CEO da Zurich Airport Brasil, Ricardo Gesse, disse que o foco da empresa será principalmente no atendimento aos passageiros em Natal. O CEO apontou ainda que o objetivo é fazer com que o Aeroporto de Natal tenha a mesma qualidade dos outros terminais administrados pela Zurich no Brasil e na América Latina.

Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil
Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil | Foto: Alex Régis

“É uma grande honra, uma grande emoção. Esperamos fazer do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante um show case com as missões e visões da Zurich. Quero reforçar alguns desses nossos compromissos nesses 30 anos, que é ampliar o desenvolvimento do turismo atraves da aviacao, conectando o RN ao Brasil e ao Mundo. Queremos apoiar o desenvolvimento da região. Essa é missão da empresa nos locais onde atuamos. O Hub dos Correios cai ser a âncora para nosso desenvolvimento imobiliário na região. Nosso terceiro compromisso é com nossos passageiros. Somos uma empresa focada na experiência deles”, disse.

O CEO disse que o Aeroporto já tem wi-fi 24h, além de melhorias que serão implantadas na climatização do terminal com investimentos da ordem de R$ 2 milhões, além de avanços na sonorização do aeroporto.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva (PT), deu as boas vindas à Zurich e disse que São Gonçalo será a capital logística do Estado, lembrando da chegada do hub dos Correios e perspectivas de investimentos no desenvolvimento da região. “Seja bem vinda Zurich a terra dos Santos Mártires”, resumiu.

O leilão que teve a empresa suíça Zurich Airport Brasil como vencedora aconteceu no dia 19 de maio de 2023, na primeira relicitação da história do Brasil. O ágio da Zurich, que administra outros três terminais brasileiros, foi de 41% sobre o lance mínimo, que era de R$ 226,9 milhões. A proposta vencedora foi de R$ 320 milhões.

A cerimônia que marca a transferência para a nova administração contou com presença de autoridades | Foto: Alex Régis

O pagamento da empresa suíça foi feito diretamente à Inframerica, antiga concessionária, após longa tramitação no Tribunal de Contas da União (TCU) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Além do pagamento de R$ 323 milhões, o Governo Federal também precisou fazer pagamento de indenização à Inframerica, de cerca de R$ 200 milhões, totalizando R$ 520 milhões.

Aeroporto

O Aeroporto de Natal foi o primeiro terminal do Brasil transferido para a iniciativa privada, em 2011, e o primeiro aeroporto federal a ser con-truído do zero pelo setor privado. O terminal foi uma das obras do RN para receber a Copa do Mundo de Futebol. A concessionária iniciou suas operações em maio de 2014.

Em 2020, a Inframerica anunciou que iria devolver a concessão do aeroporto. A empresa alegou ter investido cerca de R$ 700 milhões em obras de infraestrutura, mas enfrentou dificuldades devido à crise econômica que o país atravessou, especialmente no período inicial da concessão, afetando o turismo na região.

A empresa informou que os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental realizados no início da concessão projetavam um fluxo de 4,3 milhões de passageiros em 2019. No entanto, o número registrado foi de 2,3 milhões, cerca da metade do previsto nos estudos.

Atualmente, o Grupo Zurich Airport está envolvido na operação de nove aeroportos. Além do aeroporto de Zurique, a empresa concentra seus investimentos na América Latina, onde atua nos aeroportos de Bogotá, Curaçao, Florianópolis, Vitória, Macaé, Belo Horizonte e nos aeroportos de Iquique e Antofagasta, no Chile. Em Belo Horizonte, o grupo suíço opera com os grupos CCR e a Infraero o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, desde 2014.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas