terça-feira, 23 de abril, 2024
27.1 C
Natal
terça-feira, 23 de abril, 2024

Pesquisa aponta Fátima com a segunda maior reprovação do país

- Publicidade -

A governadora Fátima Bezerra (PT) foi apontada na pesquisa do instituto AtlasIntel Brasil como a segunda com maior reprovação entre os governadores do país. O resultado foi divulgado no último dia 5 de janeiro mostrando um índice de 44% de reprovação para a governadora potiguar, ficando abaixo apenas da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), que chegou aos 49%. A aprovação da governadora potiguar ficou em 52% e outros 4% não souberam responder.


O Instituto responsável pelo levantamento atua em países da América Latina e nos Estados Unidos, desenvolvendo soluções de big data que capacitam a tomada de decisões, planejamento estratégico e gerenciamento de riscos. A pesquisa vem na sequência da que foi divulgada no final do ano passado pelo AtlasIntel e que apontou o prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos) como o 6º prefeito mais bem avaliado das capitais, com uma aprovação de 74% dos entrevistados.


Agora, no ranking dos governadores, Fátima Bezerra aparece como a 17ª melhor avaliada e, apesar do índice de aprovação ser maior do que o de reprovação, surpreende o fato de ser a 2ª mais reprovada do país. Na lista dos mais rejeitados, além de Raquel Lyra, de Pernambuco e Fátima, do Rio Grande do Norte, aparecem Romeu Zema (NOVO), de Minas Gerais e Cláudio Castro (PL), do Rio de Janeiro, ambos com 43% de reprovação. A título de comparação, o menor percentual de reprovação ficou para Wanderlei Barbosa (Republicanos), do Tocantins, que também é o segundo mais aprovado, com uma taxa de 69%.


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), concluiu o ano de 2023 com o maior nível de aprovação entre todos os governadores do país: 72%. Em terceiro, Antônio Denarium (PP), de Roraima(66%). O top 5 conta ainda com os governadores de Santa Catarina (65%), Jorginho Melo (PL) e do Amapá (62%), Clécio Luiz (SDD).


Na posição por região, Tarcísio de Freitas (Republicanos/SP) foi o mais aprovado do Sudeste; Rafael Fonteles (PT/PI) no Nordeste; Jorginho Mello (PL/SC) no Sul; Wanderlei Barbosa (Republicanos/TO) no Norte; e Ronaldo Caiado (União Brasil/GO) no Centro-Oeste.


A região com o maior nível aprovação dos governadores é a região Sul, por conta dos níveis altos do Eduardo Leite, Jorginho Mello e Ratinho Jr. Já o Sudeste figura como maior nível de desaprovação, seguido pela região Nordeste.


Nenhum dos 9 governadores do Nordeste alcançou o ranking dos 10 melhores governadores do Brasil, mas na região, os governadores do Piauí, Rafael Fonteles (PT), da Paraíba João Azevedo Lins (PSB) e da Bahia Jeronimo Rodrigues (PT), ficaram tecnicamente empatados em primeiro lugar com 56%.


O instituto constatou que todos os governadores apresentaram índices de aprovação superiores a desaprovação, com duas exceções: Cláudio Castro (RJ), provavelmente por conta da crise na segurança pública; e Raquel Lyra (PE), no contexto de problemas de governabilidade por conta da maioria incerta na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).


A pesquisa contemplou 29.694 respondentes entre 18 e 31 de dezembro de 2023. Dependendo do tamanho de cada estado e consequentemente do tamanho da amostra, a margem de erro oscila entre 1 e 5 pontos percentuais. Confira o perfil da amostra.

NÚMEROS

52%
Aprovam a governadora Fátima Bezerra (PT)

44%
Não aprovam a gestão da professora Fátima Bezerra (PT)

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas